Canoas

Canoas tem meta de esterilizar mais de 3.000 animais por ano

Programa de Esterilização de Animais visa ser o maior do Rio Grande do Sul

Muitos desafios foram lançados nos primeiros 100 dias de governo da Prefeitura de Canoas. Entre eles, um programa criado pela Secretaria Extraordinária dos Direitos dos Animais (SEDA), que poderá se tornar o maior do RS. Estamos falando do Programa Municipal de Esterilização de Animais, que prevê a castração de 3.070 pets. em Canoas.

Além da iniciativa, outras metas para os primeiros 100 dias do governo foram alcançadas. A SEDA lançou o Programa Animal Comunitário de Canoas, que objetiva a identificação, controle populacional e assistência veterinária aos animais comunitários da cidade. Também foram reestruturados os serviços da secretaria, oportunizando atendimento aos animais em situação de rua, comunitários, tutelados por famílias inscritas no CadÚnico e sob os cuidados de protetores cadastrados.

A parceria com a Polícia Civil foi reforçada para coibir maus-tratos aos animais, intensificando as fiscalizações. E, ainda, um plano de atuação foi elaborado para dar efetividade à Lei 6164/2018, que prevê a retirada gradativa dos veículos de tração animal das ruas da cidade.

Programa de Esterilização de Animais

O objetivo da iniciativa é controlar o crescimento da população de cães e gatos na cidade de Canoas. O programa consiste na castração cirúrgica, de forma contínua, mediante projetos voltados especificamente para o público atendido pela Secretaria. Por ano, a SEDA disponibilizará 3.070 esterilizações para cães e gatos, esse número será dividido entre os projetos: Castração tá On, Protetor Legal, Prefeitura Castra, Bem-Estar Animal, e Sábado de Castração.

Resultados dos primeiros 100 dias

Para comprovar sua efetividade, a SEDA apresentou os números de seus primeiros 100 dias: foram 659 procedimentos cirúrgicos, 1.108 atendimentos clínicos, 20 cavalos resgatados e 45 animais adotados.

Cavalos são levados para a sede da secretaria, onde permanecem sob cuidados clínicos. Após prazo legal e recuperação da saúde, o animal é destinado para adoção responsável. Até o momento, 7 equinos foram adotados na SEDA.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo