Caxias do SulVariedades

Em Caxias do Sul Concurso Literário recebe a inscrição de 62 obras

Vencedores deverão ser conhecidos ao longo do mês de junho

O 55º Concurso Anual Literário de Caxias do Sul concluiu mais uma etapa, na semana passada, com o encerramento das inscrições, a organização dos trabalhos inscritos e o envio aos jurados. Foram 48 inscritas 48 obras na categoria Textos Inéditos, distribuídas em 15 contos, 10 crônicas e 23 poesias. O regulamento prevê a possibilidade de premiações de até três autores em cada gênero, que ganharão troféus (primeiros lugares) e medalhas (segundos e terceiros), certificado e terão os textos vencedores publicados em antologia. Na categoria Obra Literária – Prêmio Vivita Cartier foram 14 inscrições. A obra vencedora ganha troféu, certificado e prêmio em dinheiro no valor de 240 VRMs, o equivalente a R$ 8.680,80.

Publicidade

As próximas etapas do concurso são a avaliação pelos membros da Comissão Examinadora, que deverão se reunir de forma virtual no início de junho para deliberar sobre os vencedores, a escolha dos premiados e a divulgação. Devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19, não há previsão de premiação presencial neste ano. É provável que a dinâmica de premiação se aproxime da realizada em 2020, com entrega individual da premiação a cada autor e com registro em vídeo. Caso a situação sanitária evolua positivamente, a decisão poderá ser revista.

Concorrentes ao Prêmio Vivita Cartier 2021

  • ALBUQUERQUE FILHO, Dinarte. Fissura no asfalto. Caxias do Sul: Liddo, 2020. ISBN 978-85-99666-21-0
  • ARENDT, João Claudio. A cinza descerrada. Vitória: Pedregulho, 2020. ISBN 978-65-86932-13-3
  • CORRÊA, Claiton. Quase amor. Caxias do Sul: Vírtua, 2020. ISBN 978-65-5673-010-3
  • FALKS, Maya. Eu também nasci sem asas. Jundiaí: Telucazu, 2020. ISBN 978-658692813-6
  • FALKS, Maya. Santuário. Rio de Janeiro: Macabéa, 2020. ISBN 978-65-990969-3-8
  • FREITAS, Leanida. Gotas de esperança: poemas. Caxias do Sul: Vírtua, 2020. ISBN 978-65-5673-011-0
  • MANTOVANI, Marcos. Clandestinidades. Caxias do Sul: Vírtua, 2020. ISBN 978-85-5641-073-3
  • MENDES, Tania Scuro. Anoema: a história não esquece. Porto Alegre: AGE, 2020. ISBN 978-65-991182-5-8
  • MERÊNCIO, G. G. Neon vermelho. [São Paulo: amazon.com.br], 2020. ISBN 979-8-7185-3394-1
  • OZ, Uili Bergammín. Manual poético de sobrevivência. Caxias do Sul: Correa, 2020. ISBN 978-65-86717-001-6
  • PANIZZON, Priscilla. Toda mulher é sagrada. Caxias do Sul: Lluminar, 2020. ISBN 978-65-993478-0-1
  • PELLIZZARO, Tiago (Org.). Minhas duas paixões e outros poemas. Caxias do Sul: São Miguel, 2020. ISBN 978-65-86120-18-9.
  • PONZI, Luiz Carlos. Contículos para ler na intimidade. Caxias do Sul: Lorigraf, 2020. ISBN 978-65-86717-04-4
  • SEBBEN, Ismael. Perfumes e moscas. Porto Alegre: Libretos, 2020. ISBN 978-65-86264-12-8

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo