Pelotas

Pelotas apresenta novo perfil de infectados pelo coronavírus

Até o dia 22 de abril, 31.390 casos foram registrados em Pelotas, com 55,8% das infecções em mulheres e 44,2% em homens

Foi divulgado pela Prefeitura, nesta segunda-feira (26), a atualização do perfil profissional das pessoas infectadas pelo coronavírus em Pelotas. Segundo a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até o dia 22 de abril, Pelotas registrava 31.390 casos de pessoas afetadas pela doença – sendo que 55,8% do total eram mulheres e, 44,2%, homens. A análise é realizada pelo Observatório de Segurança Pública.

Do número total de pessoas infectadas, 6.241 (19,88%) não informaram a profissão. Após, aparecem os aposentados com 4.138 casos (13,18%), estudantes com 3.516 (11,20%) e profissionais da saúde com 2.385 (7,60%) notificações. Comerciários e donas de casa representam 2.367 (7,54%) e 1.705 (5,43%) dos registros respectivamente.

Publicidade

Os 11.038 infectados restantes seguem as seguintes ocupações:

  • Profissional do transporte – 806 casos
  • Administrador/Empresário – 797 casos
  • Profissional da educação – 752 casos
  • Desempregado – 702 casos
  • Profissional de segurança – 662 casos
  • Construção civil – 633 casos
  • Serviços administrativos – 600 casos
  • Profissional do ramo alimentício – 569 casos
  • Prestador de serviços – 544 casos
  • Crianças em idade escolar – 484 casos
  • Autônomo – 461 casos
  • Empregada doméstica – 382 casos
  • Profissional da indústria – 363 casos
  • Servidor público – 357 casos
  • Profissional da estética – 299 casos
  • Advogado – 257 casos
  • Profissional rural – 230 casos
  • Engenheiro-mecânico/Mecânico – 214 casos
  • Cuidador de idosos – 183 casos
  • Porteiro – 135 casos
  • Diarista – 131 casos
  • Eletricista – 121 casos
  • Corretor de imóveis – 111 casos
  • Profissional do esporte – 108 casos
  • Bancário – 107 casos
  • Profissional da comunicação – 105 casos
  • Profissional da tecnologia – 95 casos
  • Dentista – 89 casos
  • Farmacêutico – 84 casos
  • Contador – 70 casos
  • Costureira – 68 casos
  • Pintor – 63 casos
  • Psicólogo/Psiquiatra – 58 casos
  • Técnico de telecomunicações – 56 casos
  • Veterinário – 55 casos
  • Nutricionista – 48 casos
  • Babá – 45 casos
  • Técnico de informática – 38 casos
  • Músico – 23 casos
  • Profissional portuário – 21 casos
  • Líder religioso – 19 casos
  • Fotógrafo – 18 casos
  • Jardineiro – 17 casos
  • Pescador – 15 casos
  • Biólogo – 12 casos
  • Economista – 12 casos
  • Pesquisador – 11 casos
  • Assessor Parlamentar – 7 casos
  • Perito criminal – 1 caso

Informe seus dados
A atualização do perfil de infectados é feita a partir das notificações de casos suspeitos e dos positivos do coronavírus, que é realizada nos serviços de saúde, unidades, hospitais e laboratórios, tanto públicos quanto privados. Os dados completos dos pacientes são enviados à Vigilância Epidemiológica, e vão desde nome e telefone, até profissão e a data em que os primeiros sintomas foram observados.

A SMS alerta para que esses registros sejam feitos da maneira correta e completa, uma vez que os dados são essenciais para que o Município possa acompanhar o andamento da doença e traçar estratégias para controlar a contaminação e, assim, a pandemia.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo