Porto Alegre

Prefeitura de Porto Alegre agora pode contratar serviços de informática de outras empresas

Projeto altera a legislação anterior que obrigava a administração municipal a contratar a Procempa, independente de licitação

Por 23 votos favoráveis e 11 contrários, a Câmara de Vereadores aprovou o Projeto de Lei do Executivo (PLE 003/21) que permite aos órgãos da Administração Direta e Indireta do município a contratação de equipamentos ou serviços de informática, desde que mediante decisão prévia do Comitê Municipal das Tecnologias de Informação, Comunicação e Geoprocessamento. Com emendas, a aprovação ocorreu em sessão ordinária remota na tarde desta segunda-feira, 26. Entre as novas atribuições que poderão ser executadas por empresas a serem contratadas pela prefeitura estão a modernização dos sistemas, segurança e agilidade de setores estratégicos da administração pública. O PLE permanecerá na Diretoria Legislativa da Câmara para a redação final. Ao ser devolvido ao Paço Municipal, o prefeito terá até 15 dias para sancioná-lo.

“Agradeço aos vereadores que entenderam o propósito do projeto e o aprovaram. Trabalhamos para transformar Porto Alegre em uma capital mais tecnológica. Nosso projeto irá ampliar as condições de contratarmos as melhores empresas e atender de forma mais ágil as necessidades da administração pública”, explica o prefeito Sebastião Melo. O chefe do Executivo da Capital acrescenta que a pandemia escancarou coisas que não funcionam.

“O atual quadro provocado pelo Covid-19 mostrou que os sistemas da prefeitura não dialogam. Precisamos de uma gama mais ampla de serviços, com mais eficiência e melhores preços” – Prefeito Sebastião Melo.

Procempa – A diretora-presidente da Procempa, Letícia Batistela, tem destacado que a companhia desempenha um papel fundamental para uma cidade mais tecnológica, ágil e inteligente, mas que é necessário transformar a companhia. “Temos um time altamente qualificado que atua integralmente em soluções para nossa cidade.” Ela ressalta que utilizar tecnologias de mercado não diminuirá a importância estratégica da Procempa, mas alavancará o desenvolvimento de soluções posicionando a empresa como um hub de inovação, focado na qualidade da entrega. “Seguiremos apoiando a prefeitura na busca por uma melhor arquitetura de tecnologia, qualificando ainda mais nossa interação.”

A votação da proposição do Executivo veio depois de uma série de reuniões e debates com entidades, vereadores, servidores e comunidade. A discussão do projeto começou em março e foi interrompida por uma ação judicial movida por vereadores da oposição. O PLE 003/21 altera a Lei 4.267, de 7 de janeiro de 1977. Por ela, a prefeitura tinha obrigação de contratar a Procempa, independente de licitação, para prestação de todo e qualquer serviço de informática, telemática, teleinformática, telecomunicações e assessoramento técnico. Com a nova legislação, a Procempa, quando contratada pelos órgãos da Administração Direta e Indireta, dará prioridade de atendimento aos serviços dos órgãos municipais.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Mais informações

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação, anúncios relevantes e maior segurança do usuário. Se você clicar em "prosseguir", vamos entender que está satisfeito com ele. Consulte nossa Política de Privacidade.

Fechar