Santa CatarinaVariedades

Conheça os curtas vencedores do 3º LAB de Campanhas da Primeira Infância

Florianópolis: Curtas-metragens “Olívia Olhos Gulosos” (RJ) e “Memórias do não saber” (SC) venceram concurso que elegeu os melhores produções sobre primeira infância

Os curtas “Olívia Olhos Gulosos”, de Flávia do Nascimento Neves (Barra Mansa, RJ), e “Memórias do não saber”, de Nicolas Busato (Florianópolis, SC), foram os grandes vencedores do concurso que escolheu os melhores curtas sobre a primeira infância entre 22 trabalhos produzidos no 3º LAB de Campanhas da Primeira Infância – Pirilampo Criativo Lab. O edital promovido pela ONG Usina da Imaginação, de Florianópolis, selecionou projetos de participantes de todo o Brasil no início deste ano e apoiou a produção de curtas nas temáticas Natureza do Brincar e Paternidade Presente em 12 diferentes estados brasileiros, tudo de forma on-line. A votação foi a última etapa do edital. Os vencedores foram anunciados na sexta-feira (23/4), em live no canal de YouTube da organização.

Publicidade

“Fiquei muito emocionada fazendo esse trabalho. Foi um registro muito afetivo”, afirmou Flávia, no dia da premiação, lembrando que assim que começou a produzir seu curta-metragem tudo fechou por conta da pandemia.

O desafio de Flávia foi o de todos os participantes e o que fez com que o processo tivesse continuidade foi o apoio mútuo, considerou o participante Nicolas. “Senti irmandade no meio da loucura da pandemia”, disse. “E a sensibilidade de vocês – referindo-se à equipe – dá vida a tudo isso”, concluiu.

Os dois trabalhos que ficaram com a primeira colocação em cada temática foram escolhidos pela narrativa potente e pela poesia expressa na construção imagética.

Publicidade

“O trabalho de Nicolas, que fala da paternidade entre gerações, se diferenciou pelo formato, pela beleza das imagens e por ser muito tocante. Já o curta da Flávia mostrou a poesia que existe na relação da criança com a natureza”, relataram os cineastas Rita da Silva e Kurt Shaw, que são fundadores da Usina da Imaginação e participaram ativamente de todo o processo do edital.

Conheça os premiados e as menções honrosas

Seis trabalhos foram premiados e dois receberam menção honrosa – os mais votados on-line. No total, foram 6 mil votos por meio do site da Usina da Imaginação, onde os curtas ficaram disponíveis para serem assistidos

1º lugar
Natureza do Brincar: “Olívia Olhos Gulosos”, de Flávia do Nascimento Neves (Barra Mansa, RJ)
Paternidade Presente: “Memórias do não saber”, de Nicolas Busato (Florianópolis, SC)

2º lugar
Natureza do Brincar: Eu quero brincar, de Wagner Coelho(Cachoeirinha, RS)
Paternidade Presente: O que é ser pai presente?, de Renata Borges (Cachoeirinha, RS)

3º lugar
Natureza do Brincar: Brincar é Natural, de Manuela Miranda (Maceió, AL)
Paternidade Presente: Nossos cantos são cantos da casa de Ojú, de Ojú Forinha e Lucas Alberto (Belém, PA)

Menções Honrosas
Brincar é Natural, de Manuela Miranda ( (Maceió, AL)
Trilhas, de Ricardo Carvalho(Rio de Janeiro, RJ)

Os primeiros lugares ganharam uma câmera profissional de entrada com lente e microfone shotgun; os segundos colocados receberam um smartphone com sistema multicâmera, tripé e microfone lapela; já os terceiros lugares levaram um smartphone com sistema multicâmera. No total, seis prêmios foram entregues.

Olívia olhos gulosos – Fotos: Divulgação

As produções de até 15 minutos foram escolhidas por votação popular e por júri especializado formado por Maria Thereza Marcílio, coordenadora regional para as Américas do projeto Líderes Globais da Educação Infantil do Fórum Mundial de Educação e Cuidados da Primeira Infância, Avante Educação e Mobilização Social (Bahia); pela escritora, documentarista e pesquisadoras das infâncias Gabriela Romeu; pela doutora em comunicação e coordenadora do Núcleo Infância, Comunicação, Cultura e Arte (UFSC/CNPq) Gilka Girardello; pelo diretor de cinema, escritor e especialista no tema infância excluída Kurt Shaw; pelo historiador especialista em políticas públicas para a infância Luciano Ramos; pela estudante e atriz mirim Helena da Silva Shaw; pela estudante e aprendiz do audiovisual do Recife Isabelle Barreto; e pela cineasta e antropóloga Rita de Cácia O da Silva.

Incentivo à produção audiovisual

O edital foi lançado em fevereiro e começou com a primeira etapa em março, com cinco oficinas de audiovisual: “Primeira infância e produção audiovisual”, Rita de Cácia O da Silva; “Roteiro”, com a roteirista de cinema e TV Gabriella Mancini; “Como contar história com imagens: fotografia e direção”, com a diretora de cinema, fotógrafa e documentarista Sandra Alves; “O som do audiovisual”, com a videoativista e técnica de som direto Lara Bione; e “Montar um filme”, com a diretora, produtora e montadora Cintia Domit Bittar.

Na segunda etapa os participantes tiveram apoio de mentores para conceber o projeto e finalizar os vídeos. Os profissionais envolvidos nesta etapa foram o diretor de cinema Marcelo Pedroso, o diretor Kurt Shaw, além de Gabriella Mancini e Rita da Silva, que estiveram nas oficinas.

Ao todo, 22 curtas foram produzidos durante a terceira edição do LAB de Campanhas da Primeira Infância – Pirilampo Criativo Lab, que tem financiamento da Fundação Bernard van Leer, da Holanda.

Serviço
Assista aos curtas: https://usinadaimaginacao.org/votacao/

Acompanhe a Usina da Imaginação nas redes sociais
Instagram – https://www.instagram.com/usinadaimaginacao/
Facebook – https://www.facebook.com/usinadaimaginacao
YouTube – https://www.youtube.com/usinadaimaginacao
Saiba mais em https://usinadaimaginacao.org/

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo