Pelotas

Pelotas vacinou mais de 1.400 idosos nesta terça-feira (27)

Idosos entre 72 e 71 anos são os próximos a receber a 2ª dose da vacina contra a Covid-19 em drive-thru

A Prefeitura completou a imunização de 1.484 idosos com 73 anos ou mais nesta terça-feira (27). A aplicação da 2ª dose contra a Covid-19, no sistema de drive-thru, continua nesta semana. Os próximos a concluir a prevenção contra a doença causada pelo coronavírus são os idosos com 72 e 71 anos ou mais.

Publicidade

Nem a temperatura um pouco mais baixa do dia impediu o movimento, desde as primeiras horas da manhã, no Centro de Eventos da Fenadoce. A terça-feira foi dedicada aos idosos com 73 anos ou mais que receberam a primeira dose da CoronaVac em março e, agora, completaram a proteção.

2ª dose para idosos em drive-thru
Nesta quarta-feira (28), recebem a 2ª dose os idosos com 72 anos ou mais e, na quinta-feira (29), é a vez do público a partir dos 71 anos. A imunização para essas duas faixas etárias ocorre no drive-thru do Centro de Eventos, com entrada pela avenida Pinheiro Machado, sempre das 9 às 17h.

Quem vai receber a vacina deve apresentar a carteira de vacinação para comprovar a 1ª dose, além do documento de identidade.

Publicidade

2ª dose nas escolas
O cronograma de imunização para os idosos entre 73 e 71 anos também prossegue nas escolas localizadas nos bairros do Município das 10 às 15h.

Confira as datas:
sexta-feira (30) – idosos de 73 e 72 anos; e,
segunda-feira (3/5) – idosos de 71 anos.

Veja os endereços das escolas

  • EMEF Balbino Mascarenhas – rua Cândido Augusto de Mello, 415 (Simões Lopes)
  • Colégio Pelotense – rua Marcílio Dias, 1.597 (Centro)
  • EMEF Ministro Fernando Osório – avenida Fernando Osório, 1.522 (Três Vendas)
  • EMEF Ferreira Viana – rua João Tomaz Munhoz, s/n° (São Gonçalo)
  • EMEF Afonso Vizeu – rua Francisco Moreira, 285 (Areal)
  • EMEF Francisco Caruccio – rua Leopoldo Brod, 3.220 (Três Vendas)
  • EMEF Francisco Barreto – rua Triunfo, 2.257 (Laranjal)

1ª dose para profissionais de saúde
* Quarta (28) e quinta-feira (29): profissionais de saúde com menos de 60 anos, que atuam em serviços de saúde com assistência a pacientes e que tenham registro em Conselho de classe (exceto médicos veterinários e educadores físicos, que pertencem a outro subgrupo).

* Local: prédio do IFSul, na Praça 20 de Setembro
* Horário: das 9 às 17h

Alerta importante
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lembra que, neste momento, médicos veterinários e educadores físicos não serão vacinados, pois pertencem a outro subgrupo e devem aguardar a chegada de uma nova remessa.

Quem ainda não fez a vacina tem uma nova chance
Os idosos que não receberam a 1ª dose da vacina ou que completaram 60 anos após a ação no drive-thru e a aplicação nas escolas, na semana passada, podem procurar a imunização no Centro de Especialidades. A mesma orientação vale para os trabalhadores da saúde que, por algum motivo, perderam a 2ª dose.

Os idosos que não conseguiram comparecer aos pontos de vacinação, no dia destinado à sua faixa etária, para complementar a imunização, poderão receber a 2ª dose em qualquer uma das ações destinadas a essa aplicação, seja no drive-thru, seja nas escolas.

Os profissionais de saúde já contemplados em grupos anteriores de vacinação, mas que não conseguiram comparecer para a 1ª dose, podem se dirigir ao IFSul, quarta e quinta-feira (28 e 29) quando novo grupo de trabalhadores da área estará sendo imunizado.

Quem não deve receber a vacina
Pessoas com sintomas gripais ou positivas para Covid-19 devem aguardar 30 dias do início dos sinais para receber a imunização.

Leve uma colaboração

População pode colaborar com doações durante a vacinação – Fotos: Michel Corvelo

As pessoas que estão sendo imunizadas contra a Covid-19 também podem colaborar com a campanha de arrecadação de alimentos não-perecíveis, produtos de higiene e limpeza e ração animal. A Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), responsável pela arrecadação e distribuição dos donativos, solicita a doação em especial de leite.

Os produtos entregues pela população são utilizados nas cestas básicas entregues para famílias, cadastradas pela SAS, consideradas em vulnerabilidade social devido à pandemia. A ração é destinada ao Canil e ao Gatil municipais, às protetoras e para as famílias carentes que têm animais sob sua responsabilidade.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo