Publicidade
Rio Grande do SulSaúde

Incidência de casos de Covid-19 preocupa Passo Fundo e região

Prefeitura tem promovido ações de conscientização sobre as medidas de prevenção

“As mudanças nos protocolos estaduais para o monitoramento da pandemia precisam ser acompanhadas de muita responsabilidade. Sem cuidados individuais, a transmissão do vírus aumenta e exige medidas mais duras”, disse o prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, nesta segunda-feira (17), quando o Município publicou o decreto aderindo ao novo sistema do Governo do Estado. Ele reiterou que os dados, acompanhados diariamente, serão definitivos para a manutenção ou alterações dos protocolos.

Pedro chegou na noite desta segunda-feira em Brasília, onde terá importantes agendas para Passo Fundo. “Estou acompanhando atento os indicadores da nossa região, que nos colocam em alerta. Alguns municípios já decretaram medidas restritivas. Mais uma vez, o apelo é para os cuidados individuais. Seguimos fiscalizando e orientando a população. Todos precisam fazer a sua parte”, ressaltou.

Dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam um novo crescimento nos casos ativos e também suspeitos de contaminação pelo vírus, acendendo o alerta no Poder Público. “Há cinco dias, tínhamos pouco mais de 300 casos ativos. Hoje, chegamos a mais de 600, com uma procura elevada sendo registrada nas três unidades de referência para atendimento de pacientes sintomáticos no município. Essa piora no quadro nos preocupa, porque a retomada da economia precisa ser acompanhada da manutenção dos cuidados de prevenção”, declarou Pedro.

A fiscalização tem trabalhado intensamente para coibir aglomerações e assegurar o respeito às regras. Neste final de semana, de sexta-feira a domingo, foram vistoriados e fiscalizados 110 pontos da cidade, incluindo locais públicos, estabelecimentos comerciais, residências, academias e escolas. “O que nos chama mais atenção são as festas clandestinas, que continuam acontecendo. Somente neste final de semana foram flagradas cinco festas irregulares”, observou o secretário de Segurança, João Darci Gonçalves. Um estabelecimento foi multado e interditado, quatro estabelecimentos foram multados, incluindo organizadores de festas irregulares em residências.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo