Publicidade
Novo Hamburgo

Maio, mês para celebrar o turismo em Novo Hamburgo

Crescimento econômico está diretamente associado ao desenvolvimento do setor turístico no município

Em maio duas datas significativas para o turismo nacional são comemoradas: o Dia Nacional do Turismo, em 08 de maio e o Dia Nacional do Guia de Turismo, no dia 10. Em Novo Hamburgo as datas são marcadas por ações que visam o futuro e o crescimento econômico.

“Economia e turismo andam juntos e impulsionam propostas de desenvolvimento para a nossa cidade”, enfatiza a prefeita Fátima Daudt. Com esta premissa, desde agosto de 2020, o setor de turismo em Novo Hamburgo integra as ações do Programa Pacto pelo Futuro, a fim de promover o desenvolvimento desta área e fortalecer a economia local por meio do gerenciamento de crise. Com isso, foram disponibilizadas consultorias em linhas de crédito, gestão de fluxo de caixa e modelagem de negócios.

O Setor do turismo tão atingido pelas restrições impostas pela redução dos deslocamentos, só conseguirá dar continuidade as suas atividades se investir na reestruturação dos seus negócios com foco na segurança dos envolvidos e na oferta criativa de novas opções de produtos turísticos. “A pandemia intensificou ideias e posições que já vínhamos adotando, o setor se transforma em Novo Hamburgo”, afirma o diretor de Turismo, Deivid Schu, ligado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

Parceria Pelo Futuro

Uma parceria da Prefeitura de Novo Hamburgo, com o Sebrae e o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) proporcionou às empresas ligadas ao setor turístico a participação no Pacto Pelo Futuro, gerando 15% das demandas do programa. Assim, puderam aderir de forma gratuita às consultorias e se reorganizar de acordo com o novo contexto, reestruturando seus planos de negócios na busca por minimizar os impactos negativos provocados pelas imposições da pandemia.

A segunda etapa do trabalho teve início em abril deste ano e tem a participação do setor hoteleiro que aponta as necessidades e expectativas de turistas que chegam a Novo Hamburgo. De acordo com Schu, estas informações serão importantes para estruturar roteiros turísticos com foco na gastronomia, na produção de cervejas artesanais e na região rural de Lomba Grande. Estes roteiros, continua o diretor, “valorizam a produção local, a cultura e os costumes dos hamburguenses e também contribuem com a maior permanência dos visitantes na cidade, por meio da oferta de novos atrativos. Ao mesmo tempo, trabalhamos para atrair novos consumidores para os produtos locais, e isso, consequentemente, favorece o incremento da economia na cidade”.

Para estruturar os novos negócios, o Sebrae conta com uma equipe especializada e será o órgão responsável por identificar e contatar os empreendimentos locais com potencial para integrar estes roteiros. E a partir daí que serão formuladas as estratégias de organização, promoção e venda para estes empreendimentos.

O monitoramento desta etapa é realizado por um grupo composto por representantes da Diretoria de Turismo e do Comtur, que acompanha todo o processo de estruturação dos roteiros. Schu destaca a importância da integração entre os empreendimentos do setor. De acordo com ele, a solução apresentada atende a principal diretriz do Ministério do Turismo, que tem na cooperação entre os atores do setor a principal base para o desenvolvimento da atividade turística. Os empreendimentos que podem integrar os novos roteiros turísticos, de acordo com os critérios de avaliação do Sebrae são restaurantes, cafeterias, confeitarias, padarias, bares, pubs, cervejarias, empreendimentos de lazer e cultura de Lomba Grande e produtores rurais.

Conheça Novo Hamburgo uma cidade “Entre a Serra e o Mar”

Integrante da região turística Vale Germânico e da Rota Romântica, Novo Hamburgo se destaca pela diversidade de atrativos que se complementam entre si, conferindo modernidade, mas sem perder a essência da herança deixada pelos imigrantes que aqui se instalaram. Fundado a partir do povoado de Hamburgerberg, o município está localizado estrategicamente entre a capital e alguns dos principais destinos turísticos gaúchos, como serra e o litoral do Estado.

Áreas rurais

A região de Lomba Grandes, local de belas paisagens naturais, encantou os imigrantes que aqui chegaram, com os seus hábitos e costumes que aos poucos se mesclaram com a cultura gaúcha. A partir de então um rico cenário se criou e segue encantando turistas até hoje. O destino está repleto de atrativos turísticos com foco no ecoturismo, no turismo de aventura e na oferta de vivências em pequenas propriedades de agricultura familiar.

Com balneários em meio a natureza, que oferecem piscinas naturais ou de água tratada, pesque e pague, campings, pousadas, restaurantes com comidas típicas e a possibilidade de levar para casa produtos coloniais e orgânicos fresquinhos, adquiridos diretamente com o produtor.

Isso é o que faz da região uma ótima opção de lazer para quem busca por tranquilidade, qualidade de vida, sem abrir mão de atividades culturais e oportunidades para conhecer a história local.

Histórico cultural

A influência da cultura dos imigrantes alemães colaborou para a construção de uma identidade única, que se mantém viva por meio das manifestações culturais da dança, do canto Coral, da gastronomia, dos festejos populares e das organizações sociais locais.

A preservação do centro arquitetônico de Hamburgo Velho, tombado pelo IPHAN, e do corredor histórico-cultural, tombado pelo IPHAE, que associados a festas populares garantem grande movimentação de turistas e visitantes.

A forte religiosidade dos imigrantes deixou um grande legado na região, são inúmeras igrejas, templos e santuários repletos de vitrais e arte sacra, que despertam o interesse para além da religião.
Destaca-se ainda as romarias, os retiros religiosos e festejos ligados à fé, que ocorrem anualmente na cidade.

Negócios e compras

A cultura empreendedora da região se reflete em uma posição forte no mercado econômico, garantido fluxo contínuo de eventos empresariais, Feiras de Negócios, Técnico-Científicas, Varejo e Entretenimento, realizadas nas estruturas da FENAC – Centro de Eventos e Negócios. Com destaque para a Fimec, Feira do setor coureiro calçadista, que atrai visitantes de diversos países, ou ainda na Feira Loucura por Sapatos, maior feira de varejo de calçados do País.

Atualmente a cidade conta com a região central da cidade totalmente revitalizada e com acessibilidade, que além de favorecer a atração de novos eventos, também reforça o reconhecimento do Município como destino de compras, com grande oferta de lojas de rua, shoppings, outlets e feiras.

Destaca-se ainda a diversidade de espaços para a realização de congressos e seminários.

Esporte e Lazer

Novo Hamburgo possui forte tradição nas mais diversas modalidades esportivas, com atletas e competições reconhecidas nacional e internacionalmente. Os clubes e sociedades tem sido palco para a realização de competições esportivas de diversas modalidades, tanto nas categorias amador como profissional. Entre as de maior destaque podemos citar campeonatos de padel, tênis, punhobol, vôlei, basquete, bicicross, Mountain Bike, e golf. Sedia ainda jogos do Campeonato Gaúcho de Futebol no Estádio do Vale.

Cultivando esta tradição e fomentando a prática esportiva, a cidade investiu recentemente na revitalização do Parque Henrique Luiz Roessler, o Parcão, um importante espaço de lazer originário de um dos primeiros lotes entregues aos imigrantes alemães, que hoje conta com quadras esportivas, playground, trilhas para caminhadas e outros atrativos.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo