Pelotas

Pelotas inicia aulas da rede municipal em formato híbrido

Atividades iniciam de forma gradual. Educação Infantil e o 1º e 2º ano do Ensino Fundamental devem ser os primeiros a retomar as atividades de retorno às escolas. A previsão é que as aulas sejam retomadas a partir do dia 16 de junho

As aulas no sistema híbrido para a rede municipal de ensino devem ser iniciadas, de forma gradual, a partir do dia 16 de junho. O calendário inicial foi construído nesta semana após reuniões entre a Secretaria de Educação e Desporto (Smed) e as equipes diretivas, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais das escolas rurais e urbanas. No dia 16, tem previsão de retorno os alunos do Ensino Infantil e os do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental.

A volta das turmas do 3º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio, está em fase de organização e será realizada de forma gradual. Por esse motivo, ainda não foram divulgadas as datas para essas faixas de ensino. A Prefeitura adianta que trabalha na preparação das instituições e na capacitação dos profissionais para proporcionar um retorno seguro e de prevenção à pandemia.

O retorno de cada Escola de Educação Infantil (Emei) e de Ensino Fundamental (Emef) está condicionado à aprovação dos seus respectivos planos de contingência pelo Centro de Operações de Emergências da Saúde para a Educação (COE-E) Municipal. A data escolhida, 16 de junho, é o dia em que se inicia o segundo trimestre letivo de 2021.

“Até lá, nós vamos completar o primeiro trimestre letivo de forma não-presencial, para, então, iniciar o segundo trimestre de maneira presencial. A preparação das escolas para esse retorno continuará acontecendo de maneira contínua”, frisou a prefeita Paula Mascarenhas.

“Estamos prevendo o início do segundo trimestre letivo, na modalidade de ensino híbrido, para a Educação Infantil e 1º e 2º anos de Ensino Fundamental e na sequência para os demais anos e etapas da Educação Básica, nas escolas autorizadas para funcionamento pelo COE-E Municipal e Vigilância Sanitária”, completou a titular da Smed, Adriane Silveira.

Para garantir a retomada segura aos alunos e profissionais da educação envolvidos, a Prefeitura dará continuidade às capacitações das equipes sobre medidas sanitárias e manterá o diálogo com os diretores das instituições, além de trabalhar na adequação e aprovação as escolas para o funcionamento seguro.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo