Publicidade
Porto AlegreVariedades

Porto Alegre recebe recursos para investimento em eventos e promoção cultural

Feira do Livro será contemplada com R$100 mil

Porto Alegre vai receber R$ 2,3 milhões para investimentos em eventos e fomento cultural. A prefeitura investirá como contrapartida R$ 23.095,95. A deputada federal Fernanda Melchiona disponibilizou o valor de R$ 1,5 milhão à Terreira da Tribo e R$ 500 mil para o Plano Municipal do Livro e Leitura. Já o deputado Henrique Fontana destinou emenda no valor de R$ 100 mil para a Feira do Livro de Porto Alegre e um aporte de R$ 200 mil oriundos de emenda do deputado federal Paulo Pimenta para o fomento cultural na Escola de Samba Estado Maior da Restinga. Todas as atividades serão executadas no decorrer de 2022.

“As emendas impositivas federais são importantíssimas para Porto Alegre, que precisa retomar sua capacidade de investimento nesta área. A cultura tem urgência e está acima de questões ideológicas e partidárias. Vamos celebrar todos os que a apoiarem”, argumenta o secretário Municipal da Cultura, Günter Axt.

Livro e Leitura – Os valores investidos na promoção e incentivo ao livro e à leitura destinam-se a bibliotecas públicas e comunitárias e a ações e iniciativas públicas e privadas. O Plano Municipal do Livro e Leitura (PMLL) reúne e articula atividades relacionadas à área, como concursos, seminários, fóruns, oficinas, eventos, mediações, modernização das bibliotecas públicas e comunitárias, cursos e edição de livros, além do programa Adote um Escritor, que prevê a aquisição de acervo bibliográfico para a rede municipal de ensino e proporciona a aproximação dos escritores com a comunidade escolar.

Através de iniciativas aprovadas pela Câmara de Vereadores, foram incluídas outras ações no PMLL, como a realização da Jornada de Biblioteconomia, da Associação Rio-grandense de Biblioteconomia; a modernização da biblioteca comunitária do Centro Cultural Marli Medeiros; e o Projeto Leituração, na Biblioteca Ilê Ará “casa do povo” Morro da Cruz, do Instituto Leonardo Murialdo. Parte dos recursos ainda terá sua destinação definida pelo CMLL, podendo ser usada para aquisição de livros, realização de oficinas e outros eventos, dentro das finalidades do Plano.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo