Canoas

Cão atropelado na alça de acesso da BR-386 é resgatado pela Guarda Municipal de Canoas

Guarda, como foi batizada, estava fraca, desnutrida e não mexia as patas de trás.

A Guarda Municipal de Canoas resgatou na manhã desta sexta-feira (11) uma cachorra que estava abandonada  na alça de acesso da BR-386. Com sinais de atropelamento, o animal estava fraco, desnutrido e não mexia as patas de trás.

Guarda, como foi batizada pelos agentes, foi encaminhada para a Secretaria Extraordinária dos Direitos dos Animais (SEDA), onde recebeu tratamento clínico. No atendimento, foi constatado que a cachorra foi atropelada. Após os primeiros socorros, a Guarda foi levada para um lar temporário e seguirá sendo acompanhada pela equipe de veterinários da SEDA.

O secretário de Segurança Pública, delegado Emerson Wendt, ressalta que, embora não seja atribuição da Guarda Municipal, o resgate engloba o conceito de segurança pública que envolve a preservação da vida, seja ela humana ou de um animal. “Trabalhamos em diferentes frentes na segurança pública, tanto na parte ostensiva de enfrentamento ao crime, quanto na prevenção às violências e na preservação de vidas. A iniciativa dos guardas corrobora com uma das premissas da Guarda Municipal, que é a proteção e o cuidado”, enfatiza o delegado Emerson.

Conforme o secretário da SEDA, Gabriel Gonçalves, a ação da Guarda Municipal foi fundamental para salvar a vida da cachorra. “Provavelmente, este animal foi abandonado próximo à via e, desorientado, acabou parando no meio da rua e sendo atropelado. O nosso desafio diário, aqui na SEDA, é coibir a prática do abandono de animais”, afirmou.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo