Porto Alegre

Porto Alegre retoma programa Social Esporte Clube

A prefeitura de Porto Alegre retomou a parceria com clubes esportivos e sociais da cidade para oferecer oportunidade de prática esportiva a 300 crianças e adolescentes de seis a 17 anos. O retorno do Social Esporte Clube foi formalizado na manhã desta terça-feira (22), em ato no Paço Municipal, com a participação de jovens atletas e dirigentes dos clubes.

As vagas gratuitas são destinadas a jovens com renda familiar de até três salários mínimos, estudantes de escolas públicas ou beneficiados com bolsa integral.

“Eu estava triste, pois nos últimos anos não foi dada a devida importância ao projeto. Quase abandonei o esporte, mas neste ano voltei a treinar e me tornei quatro vezes campeã no lançamento de martelo e me orgulho muito”. Esse foi o depoimento da atleta da Sogipa Larissa Fraga, que falou em nome dos jovens, sobre a importância da volta da iniciativa. Larissa é prima do atleta olímpico Samory Uiki Fraga, talento lançado pelo projeto Social Esporte Clube, que conquistou vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio no salto em distância.

“Investir nos jovens é a oportunidade mais concreta de se trabalhar por um futuro melhor na cidade. E o esporte é uma porta de desenvolvimento, com valores de família, educação e disciplina. Projetos como este, que dão resultado para a sociedade, precisam ter continuidade”, afirmou o prefeito Sebastião Melo, reforçando o papel fundamental dos clubes na parceria e agradecendo ao ex-vereador João Bosco Vaz, idealizador na iniciativa quando era secretário municipal.

O projeto é liderado pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude junto aos clubes AABB, Caixeiros Viajantes, Grêmio Geraldo Santana, Sogipa, Sociedade Hípica, Grêmio Náutico Gaúcho, Grêmio Náutico União, Associação Cristã de Moços (ACM), Lindóia Tênis Clube, SESC e Sociedade Libanesa.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo