Rio Grande do SulSaúde

Deputado Westphalen participa de reunião com federações dos hospitais

Documento a ser encaminhado ao Piratini reivindica reajuste de taxas e diárias para viabilizar a manutenção do trabalho das casas de saúde

Soluções para o atendimento de um milhão de usuários do IPE Saúde foram discutidas nesta terça-feira (31). Em reunião realizada em Porto Alegre, o deputado federal Pedro Westphalen demonstrou o apoio à causa que busca valores atualizados nos repasses realizados pelo convênio aos hospitais.

Com defasagem de mais de doze anos, a atual tabela oferecida pelo IPE Saúde foi considerada insuficiente. Westphalen, com os demais presentes, contribuiu para a formulação do ofício que foi entregue na Casa Civil do Palácio Piratini e garante que a suspensão dos serviços pode ocorrer. Os tratamentos em curso, urgência e emergência seguirão mantidos.

“Trata-se de um movimento forte, uníssono, respeitoso e com o olhar para o paciente”, garantiu Westphalen. As discussões também contaram com o deputado estadual Ernani Polo e representantes da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do RS e Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul (Fehosul).

O conteúdo endereçado ao governador Ranolfo Vieira Júnior reforça que os serviços não serão mais possíveis de serem realizados no prazo de 24 horas, se as portarias 22 e 23/2022 e comunicados 10 e 11/2022 não forem revogadas. Foi solicitada uma melhor comunicação para que os serviços eletivos não sejam pausados.

Via
Critério
Fonte
Cassiane Osório

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo