Centro RSNegócios

Santa Maria sobe 886 posições em ranking que mede a qualidade fiscal

Município está a frente de cidades como Porto Alegre Caxias do Sul, Canoas e Pelotas

Santa Maria é a 233ª cidade do Brasil em qualidade e consistência de dados fiscais e contábeis enviados ao Tesouro Nacional. É o que consta no Ranking da Qualidade da Informação Fiscal e Contábil no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (SICONFI), divulgado na segunda-feira (27). À frente de cidades como Caxias do Sul, Canoas, Pelotas, Passo Fundo e Porto Alegre, o Município saiu do 1119º, em 2019, para a posição de nível A 233, em 2021.

Publicidade

A secretária de Finanças, Michele Antonello, explica que os dados fiscais são enviados ao Tesouro Nacional a fim de garantir a transparência e qualidade nas informações sobre as contas públicas. Para a elaboração do ranking são levados em conta dados de prazos de envio de documentos, cumprimento de regras e outros fatores.

“É um reconhecimento do trabalho do setor contábil da Prefeitura, que já é realizado há alguns anos. É uma busca incansável pela qualificação das informações para que sempre tenhamos transparência e fidedignidade nos dados fiscais que a gente apresenta ao Município”, afirma.

Para formar a nota, são avaliadas declarações de contas anuais, relatórios de execução orçamentária, relatórios de gestão fiscal e matizes de saldos contábeis. Segundo o site do Tesouro Nacional, Santa Maria também lidera o ranking na microrregião do Estado com nota 95,9%, seguida por Vila Nova do Sul, Itaara e São Sepé.

Via
Rodrigo Ricordi
Fonte
Secretaria de Comunicação /PMSM

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo