CanoasVale do Sinos

Hospital Universitário de Canoas prepara programação de incentivo à amamentação

O Hospital Universitário de Canoas (HU) prepara palestras, mesa-redonda com multiprofissionais, oficinas e orientações para o Agosto Dourado. Este mês simboliza a luta mundial pelo incentivo à amamentação para a saúde do bebê e da mulher. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno.

Publicidade

Método Canguru

Referência na aplicação do método Canguru modelo de assistência ao recém-nascido em situação de baixo peso ao nascer ou prematuridade que fundamenta-se no contato pele a pele entre a mãe e bebê, e nos cuidados na alimentação, estimulação e proteção, em todo o Estado,

“Ao contrário do que muitas vezes pensam, amamentar não é um processo instintivo. É preciso todo um apoio e suporte, inclusive psicológico, para as mães”, pontua a fonoaudióloga Marilise Floriano, que atua na UTI Neonatal do HU.

A coordenadora da UTI Neonatal do HU e tutora responsável pelo Centro de Referência pelo Método Canguru no RS, Silvana Salgado Nader, explica que quando o bebê nasce prematuro, o desafio da amamentação é ainda maior. “Os prematuros não estão com o desenvolvimento cerebral pronto. Então, o estímulo é fundamental para o sucesso na amamentação e estabelecimento do vínculo materno”.

Com o tema deste ano “Fortalecer a amamentação – Educando e Apoiando”, a equipe da CTI Neonatal e o serviço de Nutrição do HU vão realizar a programação de incentivo ao aleitamento materno de 16 a 19 de agosto.

Mamaço, mesa-redonda sobre a importância do Banco de Leite, palestra sobre as Propriedades do Leite Humano e sobre o Acolhimento das mães de bebê prematuro com enfoque na amamentação e benefícios da mamanalgesia estão entre as atividades previstas.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo