Rio Grande do Sul

Escolas municipais de Passo Fundo retornaram às aulas

Nesta segunda-feira (13), cerca de 18 mil alunos foram recepcionados com atividades diferenciadas promovidas em cada escola da rede municipal de ensino de Passo Fundo.

Carinho, sorrisos, abraços e muitas novidades. O primeiro dia do ano letivo em 2023 para os cerca de 18 mil alunos da Rede Municipal de Educação em Passo Fundo começou com a curiosidade e a redescoberta dos espaços escolares pelos estudantes.

Conforme o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, cada uma das mais de 70 instituições de ensino que compõem a rede desenvolveu uma atividade especial para recepcionar as crianças e adolescentes nos ensinos Infantil e Fundamental. “Teve muita alegria, adaptação e curiosidade por parte dos estudantes”, disse Teixeira.

Publicidade

Para o secretário, o retorno às aulas é um momento especial de acolhida para os alunos e também para a comunidade escolar. “Estes primeiros dias funcionam para a adaptação dos estudantes que ingressam na rede, para os novos professores e servidores e para que todos se integrem aos projetos e programas educacionais que estão sendo trabalhados no Município”, afirmou ele, apontando que a expectativa é de que, em 2023, as iniciativas apresentem indicadores de avanços, como as ações de combate à desigualdade educacional, por exemplo, que estão pautando diferentes ações dentro da SME desde 2021, quando os alunos começaram a retornar, de forma gradual e escalonada, as atividades presenciais nas escolas.

Teixeira falou ainda que os investimentos da gestão Pedro Almeida na educação e a compreensão do governo municipal de que este é um setor fundamental para o desenvolvimento de Passo Fundo, resultaram em uma melhoria da aprendizagem dos estudantes que ultrapassa os 16%. “Esse indicador nos revela que as ações executadas até o momento estão gerando efeitos positivos e a tendência é de que tenhamos percentuais ainda maiores a partir do esforço dos nossos professores e trabalhadores em educação, somados aos constantes programas que recebem recursos e atenção especial da gestão do prefeito Pedro”, observou o secretário.

Publicidade

Reiterando a preocupação do governo municipal com a melhoria do ensino em Passo Fundo, o secretário de Educação cita um conjunto significativo de atividades envolvendo, por exemplo, a mudança na grade curricular das escolas; os investimentos de mais de R$ 12 milhões em infraestrutura para uso pedagógico, como notebooks, aperfeiçoamento da rede de internet, tablets e televisores para salas de aula; e as obras de melhorias e reformas em diversas escolas da Rede.

Nova estrutura

Entre as obras de reformas e melhorias nas escolas está o investimento de R$ 780 mil na EMEF Urbano Ribas que, de acordo com o secretário, recebeu nova pintura interna e externa, além da substituição completa da cobertura do prédio mais velho da escola; troca da parte hidráulica e sanitária, revisão elétrica e reforma do assoalho de todas as salas de aula e das áreas administrativas, do saguão, do refeitório e dos banheiros.

Laboratórios Maker de Aprendizagem

Lançados em 2022, os Laboratórios Maker de Aprendizagem são estruturas da Prefeitura nas escolas de ensino fundamental que buscam estimular e capacitar os alunos para o uso de ferramentas tecnológicas e digitais. O primeiro deles foi instalado na EMEF Daniel Dipp, mas o prefeito, Pedro Almeida, já confirmou que cada EMEF receberá uma unidade.

Para o secretário de Educação, esta ação vai ampliar a qualidade do ensino ofertado na Rede, valorizando e incentivando aspectos como o pensamento científico. “Estes Laboratórios são espaços de criatividade e resolução de problemas que darão suporte aos professores para propostas pedagógicas inovadoras. Junto a este investimento, está prevista a formação de professores para apropriação da infraestrutura em cada escola que receberá uma destas unidades”, afirma Teixeira.

Botão Voltar ao topo