Agronegócio

Novidades em trigo trazem mais rentabilidade no inverno

A safra gaúcha de trigo em 2022 registrou números históricos. De acordo com dados da Emater/RS, o Rio Grande do Sul colheu 5,1 milhões de toneladas do cereal, valor nunca antes atingido.

Publicidade

A área semeada, de 1,45 milhão de hectares, foi a maior dos últimos 42 anos. Números assim reafirmam a confiança que a cultura do trigo vem passando aos agricultores, ainda mais em um contexto de desafios climáticos na safra de verão.

Para o gerente regional sul da Biotrigo, Tiago De Pauli, o contexto do verão, unido a fatores mercadológicos, traz um maior otimismo ao produtor em relação à cultura do trigo na próxima safra. “A tendência do produtor é buscar uma recuperação financeira agora no inverno. E com a rentabilidade que o trigo ofereceu na última safra, a área deve crescer novamente em 2023”, cita.

Publicidade

E em busca de agregar maior rentabilidade durante o inverno, o produtor rural presente na 23ª edição da Expodireto poderá conferir novas tecnologias em trigo durante a feira. É o caso de TBIO Motriz, cultivar que possui o propósito de oferecer um excelente potencial produtivo ao mesmo tempo que entrega uma alta segurança no campo, devido ao seu equilibrado pacote fitossanitário e elevada estabilidade de produção.

“Pelo seu ciclo médio/tardio, Motriz oferece a possibilidade da abertura e escalonamento da semeadura, o que traz uma segurança maior”, relata Verônica Bertagnolli, engenheira agrônoma e produtora de sementes em Coxilha (RS).

Conforme ela, Motriz se mostrou ser altamente responsivo às adubações, com retorno direto no rendimento da lavoura, fator importante para a rentabilidade do agricultor em um ano que deve contar com redução no custo de produção. Em 180 hectares da cultivar, sua fazenda obteve uma média de 108,5 sacas por hectare, com picos de produção superiores a 120 sc/ha em algumas áreas. A variedade passará pelo processo de multiplicação neste ano.

Trigos branqueadores

A rentabilidade do trigo passa pela taxa de sucesso do agricultor na cultura. Isso é obtido por uma soma de fatores, com os principais deles sendo a união entre uma boa genética e um bom manejo, tanto de fertilidade, quanto de doenças. Porém, um aspecto adicional que pode contribuir para uma maior lucratividade do produtor é o aproveitamento das oportunidades que o mercado oferece, como as demandas dos compradores daquele grão.

Um dos principais exemplos dessas oportunidades está dentro do segmento de trigos branqueadores, que podem contar com uma remuneração destacada a depender da safra.

Expodireto 2023

  • Data: 6 a 10 de março de 2023
  • Local: estande da Biotrigo – Avenida A, número 508.
  • Horário: 8h às 18h

Botão Voltar ao topo