Rio Grande do Sul

Orquestra de Bossa Nova se apresenta em Torres dia 16 de março

Lions EduC e UCS Orquestra levam Bossa Nova no RS a Torres, a apresentação é gratuita e será dia 16 de março, às 19h30, na SPAT. A apresentação é gratuita e aberta à comunidade.

Um dos gêneros musicais brasileiros mais populares, a Bossa Nova é foco do novo projeto do Lions Clube de Caxias do Sul Educação e Cultura – LionsEduC em parceria com a UCS Orquestra, o Bossa Nova no RS. Durante o mês de março, a formação realizará dez concertos gratuitos nas cidades onde a Universidade de Caxias do Sul possui campus como Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Nova Prata, Flores da Cunha, Farroupilha, Guaporé, Torres, São Sebastião do Caí e Vacaria.

Publicidade

Em Torres, a apresentação será dia 16 de março, às 19h30min, na Sociedade Amigos da Praia de Torres – SAPT. Os apoiadores locais são a Prefeitura Municipal de Torres através da secretaria de Cultura e do Esporte e Sociedade Amigos da Praia de Torres – SAPT.

Sob a regência do maestro Manfredo Schmiedt, os concertos terão como tema principal o movimento da Bossa Nova, tendo uma seleção de músicas com enfoque histórico e uma amostragem dos diversos períodos e estilos que estão contidos dentro do gênero. Arranjos escritos especialmente para a formação da UCS Orquestra pelo músico Pedrinho Figueiredo, que também é solista nas apresentações, serão intercalados com textos que ilustrarão os diversos pontos de conexão da Bossa Nova com o Rio Grande do Sul.

Publicidade

O repertório selecionado para os concertos contempla quinze composições que fazem parte da história da Música Popular Brasileira, em especial do movimento da Bossa Nova. O programa inclui clássicos assinados por Tom Jobim como “Samba do Avião”, “Águas de Março”, “Triste” e “Wave”, esta em parceria com Vinícius de Moraes. Dessa mesma dupla de compositores o repertório inclui ainda “Chega de Saudade”, “Garota de Ipanema” e “Outra Vez”.

As apresentações estarão cercadas de cuidados com a infraestrutura e a acessibilidade. Nos locais de apresentação serão disponibilizados recursos e espaços especiais para cadeirantes, com atenção especial também para deficientes físicos, auditivos e visuais. Intérpretes de libras participarão dos concertos, atendendo a este público específico.

Contrapartidas sociais como palestras sobre a cultura no Brasil, o histórico da Orquestra, sua formação e repertórios também integram as ações do Bossa Nova no RS. O projeto é realizado com financiamento da Lei Federal de Incentivo à Cultura e a realização é do Ministério da Cultura, Governo Federal e Lions Clube de Caxias do Sul Educação e Cultura – LionsEduC.

Botão Voltar ao topo