EventosRio Grande do Sul

Helena Seger lança livro nesse sábado (6) no Pinhal Alto

Helena Seger é uma professora nascida e criada na comunidade de Pinhal Alto, em Nova Petrópolis, cujos pais também eram professores. Com sua inquieta natureza, Helena utilizou vários documentos de época, muitos deles do período em que a localidade ainda pertencia a São Leopoldo, e horas de pesquisa para criar sua obra intitulada “NOSSAS MÃES e os Sinos de Bochum”.

Publicidade

Pinhal Alto, anteriormente conhecida como Tannenwald, foi um dos primeiros pontos de parada dos imigrantes que chegaram ao sul do país a partir de 1824, o que faz da localidade uma parte importante da colonização alemã no Rio Grande do Sul. Essa história é o pano de fundo do livro, que traz relatos dos filhos e netos de 30 mulheres que também ajudaram a construir a comunidade.

As festividades de lançamento do livro neste sábado (6) começarão com uma recepção às 9h30 em frente à Igreja Imaculado Coração de Maria, seguida de uma missa festiva, já que esse era o ponto de encontro de muitas das 30 mulheres retratadas no livro.

Publicidade

Após a celebração religiosa, o Centro Social e Cultural sediará o lançamento oficial da obra. Haverá um almoço por adesão, ao custo de R$ 50,00. As reservas para o almoço devem ser feitas pelos telefones 54 98404.4555 ou 99610.2263 até 3 de maio. O evento será encerrado às 16h, proporcionando uma rica interação entre os participantes.

“O livro dá sobrevida a 30 mulheres, através do amor de filhos e netos que, assim, eternizam-nas com suas lembranças” afirma Helena. “Há outra reparação na questão do anonimato feminino, essa remontando às 16 famílias pioneiras da localidade: o genealogista Dieter Loyo elenca, ao lado dos conhecidos 16 pioneiros do Tannenwald, o nome das respectivas esposas”.

Botão Voltar ao topo