EventosNotíciasPorto AlegreRio Grande do Sul

Aldeia da Fraternidade comemora 60 anos com jantar beneficente

Entidade que atende crianças e adolescentes em vulnerabilidade social na Zona Sul de Porto Alegre promove evento no Instituto Ling no dia 3 de agosto

Educação inovadora e assistência integral

A Aldeia da Fraternidade é uma associação sem fins lucrativos que há 60 anos oferece educação e assistência para bebês, crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social na Zona Sul de Porto Alegre. Para celebrar as suas seis décadas de atuação e apresentar seu histórico e projetos futuros para a sociedade, a entidade realizará no dia 3 de agosto, quinta-feira, às 19h, um jantar beneficente no Instituto Ling.

Publicidade

O evento contará com a apresentação de Cristina Ranzolin, Tulio Milman, Daniel Scola e Cris Barth, menu assinado pelo Chef Lúcio, shows com curadoria de Mathias 7 Cordas e um leilão com peças exclusivas doadas por personalidades e pela Associação de Amigos do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (AAMACRS). Os ingressos estão disponíveis no site ingressos.aldeiadafraternidade.org.br, com preços de R$ 600 (unitário) ou R$ 6000 (mesa com dez lugares). Todo o valor arrecadado será revertido para os projetos da Aldeia da Fraternidade.

A organização já criou oportunidades para mais de 15 mil pessoas nessas seis décadas de atuação. Fundada em 1963, atua com projeto político-pedagógico com atividades nos eixos cultura e arte, esporte e lazer, e educação para a sustentabilidade, as quais oferecem ferramentas para que as crianças cuidem de si, do meio ambiente e da comunidade.

Publicidade

Atualmente, a Aldeia atende 411 meninas e meninos de 4 meses a 17 anos de idade, em sua maioria residentes nos bairros Tristeza, Camaquã e Cavalhada. A instituição oferece acesso à educação inovadora e de qualidade durante 200 dias do ano, com acompanhamento de 4 a 12 horas por dia. 80% das crianças permanece na instituição em tempo integral, recebendo de 4 a 5 refeições diárias.

Os atendimentos são feitos na sede da instituição, na rua Dona Paulina, 700, no bairro Tristeza. Na área de 3,5 hectares, há duas escolas: a voltada para educação infantil, que será transformada na Escola dos Sonhos; e a Aldeia Lumiar, de educação básica, que conta com a metodologia adotada pelo Instituto Lumiar que já foi premiada pela ONU, UNESCO e Microsoft como uma das 13 pedagogias mais criativas do mundo.

Além do ensino escolar, a Aldeia da Fraternidade oferece oficinas e aulas de música, teatro, jiu-jitsu, gastronomia, plantio e ciclo integral dos alimentos, assim como atividades que proporcionam às crianças e aos adolescentes possibilidades de se entenderem como indivíduos ativos e pertencentes à sociedade.

Para aumentar e qualificar ainda mais o atendimento de crianças e jovens, a instituição está com diversos projetos em andamento. Entre eles, está a Escola dos Sonhos, que será construída partir da iniciativa de empresários gaúchos e mais de R$ 6 milhões em doações.

Botão Voltar ao topo