Esportes

Gurias Coloradas conquistam a taça do Gauchão Feminino 2023

Jogo aconteceu neste domingo (26) após Inter empatar com o Grêmio por 1 a 1

As Gurias Coloradas conquistaram a taça do Gauchão Feminino 2023 na manhã deste domingo (26/11) após empatar com o Grêmio, por 1 a 1, nos últimos 90 minutos da grande decisão. Depois de vencer a partida de ida da final, na última quarta-feira (22), pelo placar de 2 a 0, o Internacional voltou a campo apenas para confirmar o décimo título estadual alvirrubro.

Lucas Piccinato seguiu o ditado popular de que time que está ganhando, não se mexe. As Gurias Coloradas foram a campo com a mesma escalação inicial da primeira partida da decisão. Com uma formação ofensiva, o Internacional dominou o primeiro tempo do jogo de volta da final, criando as melhores oportunidades para abrir o placar.

Publicidade

Logo aos 7 minutos, Priscila orquestrou uma bela jogada, servindo Belén Aquino, que desferiu um chute forte, exigindo uma defesa sólida da goleira gremista. Aos 12 minutos, Djeni chutou de longa distância, mas sem força, a bola acabou nas mão de Vivi. A persistência das Gurias Coloradas continuava a ecoar pelo campo. Quando o relógio marcava 16 minutos, Capelinha em um movimento ágil pelo corredor direito, chutou a bola, que atravessou a área sem encontrar ninguém para finalizar.

O jogo ganhou contornos cinematográficos aos 33 minutos, com Belén Aquino assumindo o papel principal. Com uma jogada digna de tela grande, ela desenhou um caminho para dentro da área, culminando numa finalização de Priscila que passou por cima do gol adversário.

Publicidade

A recompensa por tanto buscar o gol veio nos acréscimos. Tamara e Belén Aquino trocaram passes e quando a uruguaia devolveu a bola para a lateral, houve toque de mão da gremista Karla Alves dentro da área. Pênalti para o Colorado. Priscila, a artilheira das Gurias na temporada, bateu do lado oposto de Vivi e aumentou a vantagem das Gurias Coloradas no placar agregado.

O Internacional voltou ao jogo com a vantagem de poder tomar dois gols e, mesmo assim, confirmar o título. Aos 10 minutos, Lucas Piccinato fez a primeira alteração na equipe. Analuyza entrou no lugar de Soll para explorar os contra-ataques colorados. Porém, em uma falha na defesa, a lateral gremista cruzou para dentro da área, a bola passou por todo mundo e sobrou para a zagueira, Pati Maldaner, empatar a partida.

A resposta colorada, no entanto, não demorou para chegar. Aos 16 minutos, Djeni cobrou falta perigosa. Com maestria do chute da colorada, a bola ganhou uma curva perigosa, deslizando entre as jogadoras coloradas e roçando a trave adversária, quase concedendo o segundo gol para o time.

Aos 37, o Inter persistia na busca para sacramentar o campeonato. Priscila e Belén, em uma troca de passes, tentaram criar uma jogada decisiva. Belén devolveu a bola para Priscila, porém a precisão não foi aliada nesse momento crucial. O passe, lançado um pouco à frente, permitiu que a goleira adversária se adiantasse, frustrando uma oportunidade que quase se concretizou em mais uma vitória.

Botão Voltar ao topo