Cidades do RSRio Grande do Sul

Esquilos são vistos pela mata em Ivoti e região

Caxinguelê é a única espécie de esquilo encontrada nos Pampas Gaúchos

Os esquilos não são exclusivos de países estrangeiros e de clima frio. Tanto que se você mora próximo de áreas verdes aqui no Vale do Sinos e região, talvez já tenha visto o animalzinho se aventurando nos galhos ou ziguezagueando pelo solo.

Publicidade

De acordo com Sarah Peixe, bióloga e licenciadora da Secretaria de Meio Ambiente de Ivoti, na região são comuns os Caxinguelês (Guerlinguetus aestuans), também conhecidos como Serelepes. Esses animais são tipicamente florestais. “Temos registros desses esquilos tanto em Ivoti quanto nas áreas vizinhas. Eles são diurnos e preferem as alturas das árvores”, diz ela, destacando a raridade de avistá-los.

Recentemente, um funcionário da Prefeitura de Ivoti capturou imagens de um Caxinguelê numa praça de uma cidade próxima. “Ivoti e as cidades ao redor compartilham características semelhantes de mata, clima e relevo, fazendo parte do mesmo corredor ecológico. Isso indica a presença desses esquilos em Ivoti também”, observa.

Publicidade

Sarah menciona que o Caxinguelê é a única espécie de esquilo encontrada nos Pampas Gaúchos. Ela compartilha algumas curiosidades sobre a espécie, como o fato de os filhotes nascerem cegos e passarem as primeiras seis semanas em tocas, além de serem excelentes dispersores de sementes na natureza. Eles costumam enterrar sementes e, às vezes, esquecem onde, fazendo com que novas árvores cresçam a partir dessas sementes esquecidas.

Os esquilos da região normalmente habitam espaços ocos em troncos de árvores em matas conservadas, longe das áreas urbanizadas. “São animais raros, medindo aproximadamente vinte centímetros de comprimento, sem contar a cauda longa e peluda de mais 18 centímetros. Um adulto pode pesar até 300 gramas”, conclui ela.

Botão Voltar ao topo