Negócios

Startups que transformaram dificuldades em PMEs de sucesso

Há quem vê no empreendedorismo uma forma de solucionar uma dificuldade enfrentada, seja em seu mercado de atuação ou no dia a dia. Veja abaixo empreendedores que transformaram um problema em um negócio bem-sucedido:

“Dor de cabeça” na criação de sites

Publicidade

Depois de várias tentativas frustradas de ter um site profissional, bonito e com fácil atualização, o fotógrafo Rafael Bigarelli juntou-se com dois amigos, o programador Arquimedes Ferreira e o publicitário Marcelo Tesser, e criou a startup Alboom , uma plataforma online para criação de portfólios profissionais na internet. A solução já ajudou milhares de fotógrafos e artistas a criarem sites mais acessíveis e atraentes.

Burocracia nos processos de reembolso

Cansados de guardar notas fiscais e preencher planilhas de reembolso, e percebendo o tempo gasto pelas empresas com esse processo burocrático, Bruno Pain e Thiago Campaz criaram o VExpenses , um aplicativo que facilita a gestão de despesas corporativas. A solução permite que as empresas economizem tempo, fiscalizem gastos e controlem possíveis fraudes. O aplicativo já conta com mais de seis mil usuários.

Publicidade

Dificuldade para agendar banho para os pets

Ao buscar na internet algum estabelecimento para agendar o banho de seus pets após o horário comercial e não encontrar nenhum estabelecimento aberto, Robert Dannenberg percebeu uma oportunidade de negócio. Assim, criou o Pet Booking , um app que conecta tutores a diversos serviços para animais de estimação e permite agendamento em qualquer horário do dia. Atualmente, o Pet Booking é o maior marketplace de serviços pets do Brasil, com 17 mil profissionais cadastrados e mais de 11 mil agendamentos.

Concorrência em marketplaces

Frederico Flores e Fernando Montera Filho tinham uma loja de eletrônicos importados em um marketplace mas, com a chegada de muitos concorrentes e sem expectativas de crescimento, desistiram do negócio e passaram a investir em soluções para o mercado que até então atuavam. Criaram, então, a Ecommet, empresa de tecnologia que desenvolve sistemas inteligentes para automatizar e otimizar as vendas em marketplaces, transformando seus concorrentes em clientes. Atualmente, possui mais de 2,5 mil clientes e fechará o ano com faturamento de R$30 milhões.

Facilitando operações de e-commerces

Integrar uma plataforma de e-commerce à sistemas que facilitam o dia a dia da operação é uma verdadeira “dor de cabeça” para o lojista; exige alto investimento e revisão constante, já que os sistemas passam por atualizações periódicas. Para solucionar essa questão, Thiago Lima criou o LinkApi, startup que trouxe para o mercado uma tecnologia que permite integrar plataformas de forma automatizada, feita pelo próprio lojista, em poucos cliques. Em menos de 9 meses de operação faturou R$1 milhão e conquistou grandes players como Buscapé.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar