Saúde

Relatório atesta segurança do isopor para o contato com alimentos

Pensando na questão da segurança alimentar, o Centro de Tecnologia de Embalagem do Instituto de Tecnologia de Alimentos (CETEA/ITAL) desenvolveu um relatório que confirma que as embalagens de EPS (conhecido como IsoporⓇ, marca registrada) são seguras para estarem em contato com alimentos, sejam eles frios, quentes, sólidos ou líquidos.

Publicidade

O relatório atesta que o IsoporⓇ , que é um plástico e é um dos materiais mais utilizados para essas embalagens, é 100% reciclável, inerte, atóxico, não contém CFC e HCFC, não contamina a água, ar e solo, não causa danos à camada de ozônio e nem contribui para formação de gases do efeito estufa ao ser descartado.

Para checar a essas conclusões, o documento reuniu informações técnicas sobre o produto, sobre os processos de fabricação das embalagens, seus efeitos durante o uso (aquecer, resfriar, transportar), as legislações vigentes no Brasil, Mercosul, Estados Unidos e União Europeia, além das questões ambientais.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar

Seu navegador está bloqueando os anúncios deste site.

Todo o conteúdo deste portal é 100% gratuito. Os anúncios que exibimos é a forma de manter este veículo de informação independente e comprometido somente com você leitor.