RS

Meu Bebê, Meu Tesouro chega a 2 mil atendidas em Passo Fundo

As principais ações seguem sendo o monitoramento das gestantes/mães e bebês

O ano de 2018 inicia com o Programa Meu Bebê, Meu Tesouro da Prefeitura de Passo Fundo chegando ao número de 2 mil mulheres cadastradas e 1.722 nascimentos desde o início das ações. As participantes recebem toda a atenção preconizada em uma gravidez, além da maior conscientização das gestantes, que aumentaram proporção de pré-natais, chegando a mais de sete consultas. Rotina que garante mãe e bebê mais saudáveis.

Segundo a secretária de Saúde, Carla Beatrice Gonçalves, “o programa tem grande importância no processo de monitoramento e acompanhamento da realização do pré-natal e também no desenvolvimento infantil das crianças participantes no projeto. As ações podem ser desenvolvidas no sentido de garantir o acesso das mães das crianças tanto nos serviços de saúde quanto nos aspectos sociais”, afirma ela.

Publicidade

As principais ações seguem sendo o monitoramento das gestantes/mães e bebês, além de proporcionar agilidade nas consultas e exames e identificar processos de trabalho que precisam ser ajustados. Assim, contribui-se para a qualidade do pré-natal e puericultura, e uma maior proximidade entre a equipe do programa e as participantes.

O programa

O Meu Bebê, Meu Tesouro tem foco em gestantes vulneráveis, seja por questões de saúde, familiar ou financeiras, sendo oferecido em toda a rede municipal. Qualquer gestante que é atendida pela rede pode solicitar avaliação para participar. Entre os objetivos do programa está a redução da mortalidade infantil, humanização, segurança, cuidado e estreitamento da relação entre mãe e filho. A equipe responsável realiza todos os encaminhamentos de exames, orientações e atendimento de cada mulher e criança.

Foto: Arquivo PMPF

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar