Saúde

Entenda mais sobre trombose, doença que acometeu Susana Vieira

(Foto: TV Globo)

Nosso corpo emite sinais de alerta na maioria das vezes em que estamos com algum problema de saúde. Porém, às vezes não costumamos dar muita importância a esses sintomas, podendo assim colocar a saúde em risco. A trombose – formação de um coágulo sanguíneo em uma veia, geralmente das pernas – possui cura quando identificada a tempo.

Recentemente, a atriz Susana Vieira (foto) foi internada e diagnosticada com a doença após sentir dores fortes na perna depois uma longa viagem e descobriu a enfermidade. Vale ressaltar que existem hábitos que podem ser evitados como forma de prevenção do problema. Estar atento aos sintomas mais comuns, como, o inchaço, dor e sensação de peso nos membros inferiores contribuem para o rápido atendimento do paciente que deve seguir o tratamento à risca.

Segundo Antônio Sobral, angiologista e cirurgião vascular do Hapvida Saúde, a trombose acontece a partir da coagulação do sangue (desenvolvimento de um trombo) no interior das veias e das artérias, impedindo a circulação sanguínea normal. “Tabagismo, obesidade, vida sedentária, uso continuo de anticoncepcional, tratamento de vários tipos de câncer e multíparas, ou seja, mulheres que passaram por mais de um parto, são alguns dos fatores de risco da patologia”, aponta Sobral.

A trombose pode ser venosa profunda que aparece em função da formação de coágulo de sangue nos membros inferiores, ou arterial que provoca o desenvolvimento do trombo, comprometendo a circulação sanguínea, entupindo os vasos e impossibilitando a oxigenação do coração e fluxo de nutrientes.  “O diagnóstico é feito a partir de exames físico, clínico e complementares, como ultrassom doppler colorido venoso ou arterial, realizados por um cirurgião vascular”, explica o angiologista.

A trombose tem cura quando detectada e nos casos que o paciente segue o tratamento corretamente com o uso de medicamentos anticoagulantes e fibrinolíticos, que impedem sua evolução. “A primeira opção para tratar a trombose venosa profunda são os anticoagulantes. Estes diminuem a capacidade do sangue para coagular, diluindo o coágulo e evitando a formação de outros”, enfatiza o médico.

A enfermidade pode acometer qualquer pessoa. Porém, algumas medidas preventivas podem dificultar o surgimento. “Evitar o tabagismo, combater a obesidade, ter uma vida saudável com exercícios físicos, evitar uso prolongado de anticoncepcional e manter consultas frequentes com seu cirurgião vascular são importantes para a prevenção”, finaliza.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar