Porto AlegreRio Grande do Sul

Açorianos premia os melhores da dança

O Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura realizou nesse domingo, 25, a cerimônia do Prêmio Açorianos de Dança 2017 no Teatro Renascença do Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (av. Erico Verissimo, 307). Este ano a cerimônia de entrega dos prêmios integrou a programação da Maratona de Dança da Semana de Porto Alegre para comemorar o aniversário de 246 anos da Capital. Durante a Maratona de Dança, a comunidade pode participar de oficinas, assistir aos espetáculos e performances, confraternizar no piquenique dançante e acompanhar as diversas atividades realizadas no Centro Municipal de Cultura em 12 horas de dança.

A cerimônia do Prêmio Açorianos contou com fragmentos do espetáculo Músicas de Cinema da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre. Os mestres de cerimônia foram os atores Lauro Ramalho e João Carlos Castanha. Também tiveram participações no evento o Ballet Lenita Ruschel, a Transforma Cia de Dança, o Ballet Redenção, Luciana Paludo, Bruna Gomes e Cia Claquê. Em 2017, foram 15 espetáculos inscritos. O grande júri que avaliou os espetáculos inscritos foi composto por Neca Machado, Paula Finn, Fernando Muniz, Roberta Malheiros, Carlos Neto, Clarice Alves e Paula Amazonas.

O Prêmio Açorianos de Dança contemplou ainda as categorias de destaque por modalidades, como balé, jazz, danças urbanas, entre outras, além das categorias de Novas Mídias em Dança e Projetos de Difusão e Formação. Essas categorias contam com júris especializados que somam um total de 22 profissionais da área.

Neste ano, a professora da Rede Municipal de Ensino da Prefeitura de Porto Alegre, diretora, coreógrafa e professora do Laboratório da Dança, Isabel Willadino, recebeu o prêmio especial como Personalidade do Ano por sua importante trajetória na formação de bailarinos e sua atuação qualificada e diferenciada na cena da dança da cidade.

Os vencedores:

  • Espetáculo do Ano:
    Atma
  • Direção:
    Fernanda Bertoncello Boff – Pequenices: Mini Peça Viajante de Dança
  • Bailarino:
    Elias Junior – Retalhos
  • Bailarina:
    Letícia Paranhos – Sopros
  • Coreografia:
    Daniel Aires, Fellipe Resende, Richard Salles, Verônica Prokopp – Vicent
  • Cenografia:
    Natália Bandeira e Luís Cocolichio – Pequenices: Mini Peça Viajante de Dança
  • Iluminação:
    Mirco Zanini – Atma
  • Figurino:
    Luis Augusto Lacerda – O Feminino Sagrado: Um Olhar Descendente Da Mitologia Africana
  • Trilha Sonora:
    Jorge Peña e Duda Cunha – O Sentido se Sente com o Corpo
  • Produção:
    Carol Martins – Atma
  • Destaque em Balé
    Rony Leal, pela ideia e concepção do projeto de recital Rony Leal – Les Grands Pas de Deux Classiques, que reuniu e deu destaque às diversas escolas de ballet da cidade.
  • Destaque em Sapateado
    Gabriela Santos, pela divulgação do segmento do sapateado em Porto Alegre, por sua qualidade técnica e artística, e pelo trabalho de formação e difusão do Tap nas Escolas Preparatórias de Dança na periferia da Capital.
  • Destaque em Flamenco
    Ana Medeiros, pela criação de um novo núcleo de Flamenco na cidade e pela originalidade e criatividade na criação dos espetáculos “Ay mi Amor!” e “Casino de Sevilla”.
  • Destaque em Dança do Ventre
    Stars Belly Dance Brasil, pela realização e divulgação de um evento de âmbito nacional na cidade.
  • Destaque em Danças Urbanas
    Juan Chi, pela criação da coreografia Scandal, que trabalha a diversidade de gênero e pelo seu trabalho como referência e difusão do Vogue e da cena Queer em Porto Alegre.
  • Destaque em Dança Contemporânea
    Diversos Corpos Dançantes/Carla Vendramin, pelo Projeto de Extensão do Curso de Graduação em Dança da Ufrgs, que propõe a inclusão e integração de diversas pessoas, seus corpos e experiências na criação em dança contemporânea.
  • Destaque em Jazz
    POA Jazz, pela importância e abrangência do evento, na promoção, formação, difusão e troca de experiências entre as diversas escolas e profissionais do Jazz na cidade de Porto Alegre.
  • Destaque em Danças Folclóricas e Étnicas
    20ª Alma Cigana, Ritos, Cantos e Magia, pela difusão e valorização da cultura cigana e pela manutenção do movimento na cidade.
  • Destaque em Dança de Salão
    Dança para o Futuro, pelo trabalho pedagógico que oportuniza, através da dança de salão, um espaço de compartilhamento, troca de experiências e integração entre a Escola Gafieira Club e as crianças da comunidade local.
  • Destaque em Novas Mídias
    Um olhar através de, pela qualidade técnica e artística do vídeo na tradução dos elementos que compõem o espetáculo, apresentando coerência entre conceito e estética.
  • Destaque em Projeto de Formação e Difusão em Dança
    Oficina de Danças Urbanas, pela abrangência, pelo público que atende e pela garantia de amplo acesso às danças urbanas, realizando trabalho em creches, associações, escolas e diversas comunidades.

Posts relacionados

Botão Voltar ao topo