Hering retoma sua operação na Argentina e planeja expansão na América Latina

A Hering anunciou que irá retomar suas operações na Argentina. A empresa de vestuário participante do Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira) — resultado de uma parceria entre a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) – já está à procura de um imóvel para abrir loja na cidade de Buenos Aires.

A volta da empresa ao País é parte de um projeto de expansão do grupo, que já tem operações no Uruguai, Bolívia e Paraguai, onde opera por meio de franquias. A empresa possui ainda pontos-de-venda em lojas de departamento na América Central, em mercados como Panamá, El Salvador e República Dominicana, e tem planos para desembarcar no Chile e no Peru. O presidente da empresa, Fábio Hering, disse em entrevista à Agência Estado que a volta à Argentina se deu pela perspectiva de o mercado começar a abrir outra vez e voltar a crescer.

Além da marca Hering, o grupo possui outras quatro: PUC, voltada para o mercado infantil; Dzarm, jovem e feminino; e a homônima Hering Kids. De acordo com dados oficiais, até o primeiro trimestre de 2017, a empresa operava com um total de 803 estabelecimentos na América Latina. Sendo que 651 são de lojas da marca Hering. Dados desse mesmo período apontam ainda que em comparação ao ano anterior a empresa cresceu seu faturamento em 19,7%.