RS

Canoas oferece serviço pioneiro para pacientes do SUS na área vascular

A moradora do bairro Niterói Valkiria Stuolarski Oliveira sofria há anos com problemas de varizes nas pernas. Ao se consultar no Hospital Universitário (HU), na última semana, acreditava que passaria por mais uma intervenção cirúrgica na esperança de reduzir as dores ocasionadas pelo problema. Depois de ser atendida pelo médico Rogério Bianco, a aposentada foi a primeira paciente a ser tratada de forma experimental no novo Ambulatório de Flebologia, inaugurado de forma oficial nesta quinta-feira (5). O procedimento conhecido como Espuma é ambulatorial, o que possibilitou a paciente receber alta no mesmo dia.

A Espuma é na verdade uma solução inserida em uma ampola que, quando misturada com ar, ganha a densidade de uma espuma. A injeção na veia do paciente é feita pelo cirurgião que acompanha o seu andamento através de ecografia. “Achei que seria demorado. Na verdade foi rápido e não senti nenhuma dor”, relembra Valkiria. “Ela inclusive tinha risco de rompimento da artéria, o que pode ser evitado”, acrescenta Bianco.

O Ambulatório de Flebologia do HU terá capacidade para atender até 50 pacientes por mês – número dez vezes superior ao de procedimentos de cirurgia tradicional. A secretária de Saúde de Canoas, Rosa Groenwald, destaca o caráter inovador deste serviço. “Trata-se de um momento marcante para os pacientes do SUS de Canoas. Com a Espuma, o risco de complicações é reduzido em 70%. O custo deste procedimento cai em mais de 100% na comparação com o método cirúrgico tradicional”, afirma a secretária de Saúde.

Trata-se de um ambulatório pioneiro no Rio Grande do Sul para os pacientes do Sistema Único de Saúde. Somente o Hospital Conceição oferece este tipo de procedimento, mas não os três procedimentos que serão ofertado em Canoas. Apenas na Bahia existe um ambulatório semelhante. “O investimento foi mínimo, somente com medicamentos e materiais que já fazem parte da lista hospitalar. A estrutura física só foi adequada com a que já tínhamos. A equipe de médicos vasculares já atendem em consultas ambulatoriais”, detalha Rosa Groenwald. Atualmente o Hospital Universitário possui 300 pessoas a espera por cirurgia vascular. “Com o Ambulatório de Flebologia nossa meta é zerar rapidamente este número”, finaliza a secretária de Saúde de Canoas.

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios