DestaqueSaúde

Saiba como não comprometer a eficácia dos tratamentos de rejuvenescimento

O passar dos anos traz várias mudanças em nossa pele. Ela fica mais seca e áspera, as rugas aparecem, é possível ter uma flacidez aqui, outra acolá, isso sem falar das manchas, causadas por diversos fatores. Para amenizar esses efeitos, muitos recorrem aos tratamentos estéticos de rejuvenescimento, mas esquecem de tomar alguns cuidados simples antes. Abaixo, listamos os principais erros que podem comprometer a eficácia dos tratamentos.

Remediar

Publicidade

A primeira preocupação de quem quer se manter jovem, deve ser procurar tratamentos preventivos, a partir dos 30 anos. O velho ditado que diz ser melhor prevenir do que remediar faz muito sentido nos procedimentos dermatológicos. Muitos vão procurar fazer os tratamentos quando o problema já existe. Quanto antes iniciar os procedimentos, melhor.

Falta de cuidados diários

Você faz dos cuidados diários com a pele, uma rotina constante? Caso sua resposta seja negativa, é melhor rever isso. Limpar, tonificar e hidratar são os primeiros passos para manter a saúde e o viço da pele. Uma alimentação equilibrada e a ingestão de quantidade adequada de água também são cuidados que refletem no corpo.

Publicidade

Não usar proteção solar adequada

Confesse, o protetor solar é seu companheiro todos os dias, mesmo nos nublados e frios? Espero que sim! Como moramos em um país tropical, com sol em grande parte do ano, o uso de filtro solar precisa ser outro hábito diário de quem quer evitar manchas, envelhecimento da pele e até mesmo doenças mais sérias como o câncer de pele, que deve ter cerca de 600 mil novos casos só este ano no Brasil, de acordo com estimativas do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). Por isso, não saia de casa sem se proteger adequadamente todos os dias. Uma pele protegida, com certeza, vai ter um resultado melhor após a realização do procedimento estético.

Não avaliar a pele em suas camadas mais profundas

A olho nu nem sempre é possível saber exatamente como está a situação da nossa pele de fato. Mas a evolução da tecnologia tem se tornado uma grande aliada para quem procura tratamentos estéticos para rejuvenescimento. Um dos procedimentos pré consulta que tem ajudado muito os médicos dermatologistas é a análise digital, realizada por um equipamento fotográfico computadorizado, que analisa a pele com a ajuda de uma câmera especial. Estes aparelhos ajudam a indicar o melhor tratamento, além de conscientizar sobre os danos causados na pele, impossíveis de ver a olhos nu.

Esta avaliação analisa a textura da pele do paciente, detectando poros, vasinhos, pigmentos superficiais ou profundos, manchas e rugas. Serve também para uma análise prospectiva de como ficará a pele quando tratada. Além disso, realiza uma fiel e excelente documentação fotográfica, incluindo gráficos comparativos, para avaliação antes e após os tratamentos. “Após saber o estado real da pele, há inúmeros tratamentos estéticos disponíveis no mercado que ajudam muito nessa tarefa de rejuvenescimento. Em geral, as técnicas incluem o estímulo de colágeno, clareamento, tratamento de flacidez, aplicações de ácidos, uso de laser e radiofrequência, entre outros’, explica a médica dermatologista Ligia Novais.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios