DestaquePorto AlegreRSSerra Gaúcha

Ospa e seu Coro Sinfônico apresentam o Réquiem alemão de Brahms

Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) e seu Coro Sinfônico apresentam uma das mais grandiosas obras de Johannes Brahms em concerto na sua Casa da Música. No dia 12 de maio, sábado, às 17h, a os músicos interpretam o Réquiem alemão sob a batuta do maestro Manfredo Schmiedt, após quase 7 anos sem executá-lo. A exibição conta com as participações especiais da soprano belenense, radicada em Porto Alegre, Raquel Fortes, e do barítono uruguaio Alfonso Mujica. Ingressos à venda por valores entre R$ 10 e R$80 em www.ospa.org.br (em breve) ou no local, no dia do evento, das 14 às 17h.

Na ocasião, a Ospa presta homenagem à memória de Eva Sopher, falecida neste ano – uma grande incentivadora da cultura porto-alegrense e da orquestra. A Casa da Música da Ospa fica no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Av. Borges de Medeiros, 1501 – Centro/Porto Alegre).

Um dos ícones do Romantismo, Brahms (1833 – 1897) escreveu o “Réquiem alemão” entre 1865 e 1868. A estreia aconteceu na Catedral de Bremen. O compositor, que era luterano, reuniu textos da Bíblia da tradução alemã de Martinho Lutero, diferenciando-se de uma tradição musical de séculos ao não optar pelo uso de qualquer trecho em latim. “Brahms usa a tradução para que o povo possa compreender o verdadeiro significado de cada passagem bíblica”, conta o maestro. No concerto da Ospa, haverá a projeção dos textos traduzidos para o português, simultaneamente à execução musical.

Manfredo compartilha mais detalhes sobre a peça: “Encontramos como cerne desse réquiem a preocupação com o consolo aos que sofrem, a vitória da Vida eterna em relação à morte, e a graça de Deus”. O maestro comenta, ainda, que o Coro Sinfônico da Ospa está se preparando com numerosos ensaios para superar todos os desafios que essa obra impõe, “não somente para conseguir as nuances necessárias, mas também para alcançar a resistência física, pois os cantores entoam a música ininterruptamente por mais de 1 hora e 15 minutos”, afirma.


INGRESSOS PROMOCIONAIS PARA ESTUDANTES

Para incentivar o público estudantil a frequentar os concertos da Casa da Música da Ospa, a orquestra disponibiliza uma cota de ingressos com desconto especial para estudantes. No sábado, dia 12, das 14h às 16h30, quem comparecer no local com carteira estudantil ou comprovante de matrícula, poderá adquirir entradas para o concerto, para qualquer setor, por R$ 10 (conforme disponibilidade).

Mais sobre o maestro Manfredo Schmiedt

É regente e diretor artístico da Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul (OSUCS) e regente do Coro Sinfônico da Ospa. Mestre em Regência pela Universidade da Geórgia (EUA), participou de cursos de regência na Alemanha, Holanda, Argentina, Estados Unidos e Brasil e recebeu as condecorações Pi Kappa Lambda Music Honor Society e Director’s Excellence Award. Foi regente assistente do maestro Isaac Karabtchevsky na Ospa.

Mais sobre a soprano Raquel Fortes

Raquel é bacharel em Canto Lírico pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Em 2015, integrou a classe de jovens cantores do primeiro Opera Studio do Theatro Municipal de São Paulo. Foi convidada a participar da 5ª edição da competição internacional Marcello Giordanni, na Itália, chegando à semifinal. Na UFRGS, fez parte dos elencos das óperas “Dido e Enéias” e “Orfeu”. Apresenta-se com as principais orquestras do estado. Atualmente, tem como orientador vocal o tenor Flávio Leite, e participa de masterclasses com profissionais de carreira nacional e internacional.

Mais sobre o barítono Alfonso Mujica

Cultivador da ópera, da zarzuela, do oratório e do lied, seu interesse por Gustav Mahler o levou a cantar sua obra da Argentina até a Guatemala, passando pelo Uruguai, Brasil e República de Salvador. É convidado habitual nas temporadas de Montevidéu, tanto no Sodre como no Teatro Solis, assim como de outras cidades como Bogotá, Manaus, Vitória, Belo Horizonte e Rosário. Sua agenda de 2018 inclui “Carmina Burana” de Orff, na temporada oficial da Ossodre, “Um Réquiem alemão” de Brahms nas temporadas da Filarmônica de Montevideo e da Ospa, e “Lieder eines fahrenden gesellen” de Mahler com a Filarmônica de Goiânia.

 
Concerto da Ospa | Série Pablo Komlós
Quando: 12 de maio, sábado
Horário: 17h
Local: Sala de Concertos da Casa da Música da Ospa
Av. Borges de Medeiros, 1501 – Centro Administrativo Fernando Ferrari
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios