DestaquePorto AlegreRS

Campanha do Agasalho: faltam roupas infantis, cobertores e alimentos

A Campanha do Agasalho já recebeu mais de 222 mil peças de roupas em quase três meses de mobilização, mas o inverno rigoroso deste ano exige atenção constante das autoridades e da população. Segundo a Defesa Civil Estadual, no momento, o estoque de roupas infantis e cobertores está zerado. Os alimentos não perecíveis também estão acabando na Central de Doações.

Uma contribuição importante veio do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas), que conseguiu arrecadar cerca de 5 mil unidades com os seus associados. A informação foi confirmada, nesta quarta-feira (22), pelo presidente do sindicato, Paulo Kruse, em encontro com o governador José Ivo Sartori, a secretária do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Alexandre Martins, e a secretária de Comunicação, Isara Marques.

Segundo Kruse, a entidade se sente no dever de ajudar. “Somos voluntários nessa causa porque sabemos que os benefícios chegam até a população. A visita aqui foi simbólica,  já fizemos a entrega”, afirmou. A Defesa Civil buscou as doações na sede do Sindilojas.

Mobilização o ano todo

A Campanha do Agasalho deste ano começou em 4 de junho. Até terça-feira (21), a Defesa Civil já recebeu 222.350 peças de roupa, 15.260 pares de sapatos, 2.025 cobertores, 2.740 artigos de cama, mesa e banho, 19 colchões e 5.430 quilos de alimentos não perecíveis. Os itens foram distribuídos para 70 municípios e 27 entidades.

A Defesa Civil reforça a importância de contribuir o ano inteiro porque a Central de Doações não funciona só no inverno. Assim, com mobilização constante, o estoque dificilmente vai ficar desabastecido, o que é especialmente importante quando ocorrem fenômenos meteorológicos adversos, como temporais e alagamentos. A Central funciona o ano todo no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), na Avenida Borges de Medeiros, 1501, em Porto Alegre. O telefone é 51 3288-6781.

Vale lembrar que as roupas e os calçados precisam estar em boas condições e limpos, pois isso agiliza a distribuição às famílias. Durante o inverno, existem outros pontos de coleta:

  • Órgãos públicos estaduais
  • Quartéis da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul
  • Supermercados Zaffari
  • Unidades do Sesc/Senac no Estado
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios