Moda & Beleza

Saiba quais as técnicas mais usadas para aumentar os cílios

Um dos desejos de beleza mais cobiçados é ter aqueles cílios de boneca, com fios alongados, curvados e cheios de volume. Se você quer se livrar do rímel diariamente e de alguns outros truques de maquiagem, e ter aquele olhar poderoso, a sugestão é optar pelo alongamento de cílios, que é febre no mercado. “As técnicas para ter cílios preenchidos são simples, onde são colocados fios de seda nos fiozinhos já existentes. Mas lembre-se que na hora de optar por esses procedimentos, escolha profissionais especializadas e que utilizem produtos registrados pela Anvisa, para preservar sua segurança e saúde”, alerta Luzia Costa da Sóbrancelhas. Luzia, esclarece que existem três procedimentos mais procurados no mercado: Fio a Fio, Tufinhos e Volume Russo. “As técnicas não têm restrições e não prejudicam os fios naturais”, completa. Confira abaixo as diferenças entre eles e escolha a que mais combina com você:

Fio a Fio: O Fio a Fio preenche os espaços com falhas. Essa técnica consiste na aplicação de fios de seda junto a raiz dos cílios, um a um, realçando o olhar por meio de fios mais longos, é a perfeita opção para pessoas que desejam ter os cílios mais alongados por mais tempo, sem a dificuldade da aplicação diária dos cílios postiços. O resultado é natural e delicado.

Publicidade

Tufinhos: Os tufinhos consiste na aplicação de tufinhos junto a raiz dos cílios, realçando o olhar por meio de fios mais longos. O alongamento tufinho é similar, mas ao invés de fios unitários são colados tufos com alguns fios juntos, para realçar mais o volume.

Volume Russo: é uma das técnicas mais procuradas na hora de fazer extensões nos cílios. É feito um leque de 3 a 6 micro fios de seda que é colado no fio natural. O Volume Russo tem muito mais fios, com curvatura maior também (imagina uns cílios postiços feitos especialmente para você?), ou seja, além de alongar, este procedimento dá muito volume.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios