Rio Grande do Sul

Fundesa-RS: saldo supera R$ 82 milhões

Conselheiros do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS aprovaram na tarde desta segunda-feira (15) as contas do Fundo para o terceiro trimestre de 2018. Este mês o saldo do Fundesa superou R$ 82,2 milhões. Nos primeiros nove meses do ano o fundo arrecadou R$ 10,5 milhões e aportou R$ 5,1 milhões em indenizações e investimentos em capacitação, insumos e equipamentos. 

O setor que mais demandou recursos foi a pecuária leiteira, que teve um aporte de R$ 3,5 milhões, sendo R$ 3,1 milhões utilizados para a indenização de produtores.

A assembleia do Fundesa aprovou também uma nova exigência para a liberação de novos recursos. A resolução prevê que para a participação em workshops, seminários, congressos e outros eventos do gênero, o solicitante deverá entregar ao Fundesa uma memória do evento. “O Fundesa vai realizar um controle destas participações para garantir que o conhecimento adquirido possa atingir mais servidores, com efetivo resultado em prol da sanidade agropecuária do estado”, afirmou Kerber. 

Sobre o Fundesa:

O Fundesa, criado em 2005, tem a missão de propor e apoiar o desenvolvimento de ações de defesa sanitária animal, além de garantir agilidade e rapidez na intervenção em casos de eventos sanitários e posterior indenização dos produtores. O fundo é composto por nove entidades: Federação da Agricultura do RS, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RS, Sindicato das Indústrias de Carnes do RS, Sindicato das Indústrias de Suínos do RS, Sindicato do Comércio Atacadista de Carnes Frescas e Congeladas do RS, Sindicato da Indústria de Laticínios, Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas, Associação Gaúcha de Avicultura e Associação dos Criadores de Suínos do RS.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo