GeralRS

Feira Sial Paris 2018 ofereceu a empresas brasileiras negócios com mais de cem países

Quarenta e cinco empresas brasileiras, 15 delas gaúchas, participaram da Feira Sial Paris 2018, em missão articulada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) e que terminou nesta quinta-feira (25).  O salão internacional é um dos principais encontros mundiais para o setor de alimentos e bebidas, e na edição deste ano contou com mais de 7 mil expositores de 107 países. “É um bom momento para a indústria se mostrar ao mercado, e os visitantes levam muito em conta a imagem e a presença aqui”, disse o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, que liderou a missão. Petry ressaltou, ainda, a participação brasileira recorde em 2018, o maior número de integrantes desde que comitivas do país passaram a visitar a Sial, em 2006. Em sua agenda na capital francesa, além da feira, o presidente da FIERGS se encontrou com o embaixador Paulo Campos, na embaixada brasileira, para quem entregou um livro com fotos do Rio Grande do Sul. Foram tratadas das relações comerciais com a França e a União Europeia. Petry esteve acompanhado do vice-presidente do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (CIERGS), Marcos Oderich; e do diretor Dirceu Pezzin. Gilberto Petry também se reuniu com o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra. Somente em ações da ABPA durante a feira, foram gerados US$ 380 milhões em negócios para os próximos 12 meses.

A FIERGS foi convidada a participar de atividades importantes em 2019, que ocorrerão naquele país europeu, entre elas o Encontro Econômico Brasil-França, em abril. Além disso, existe a possibilidade de participação em um congresso internacional de startups, em maio. A missão brasileira à Sial 2018 foi articulada nacionalmente pela FIERGS, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), por meio da Rede de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), Apex-Brasil, Enterprise Europe Network e Programa AL-Invest 5.0. Os principais segmentos foram carnes e embutidos, frutas e legumes, horticultura, produtos açucarados, biscoitos e panificação fina, laticínios e ovos, produtos de catering/delicatessen, carnes e tripas, aves e caça, vinhos e licores, bebidas alcoólicas e equipamentos e serviços, entre outros.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios