DestaqueSaúde

Recupere o organismo após os exageros do feriado

Consumo de álcool em excesso e má alimentação podem causar dor de cabeça, náusea e indigestão; durante a Semana Brasileira do Aparelho Digestivo (SBAD), no Transamérica Expo Center, especialista dá dicas para lidar com os sintomas
Muitas pessoas aproveitaram os feriados próximos de novembro para estender as festas, viagens e comemorações. No entanto, a volta à rotina é sempre um período de readaptação para o organismo. Má alimentação e o consumo exagerado de bebidas alcóolicas podem atrapalhar o trabalho e causar a sensação de náuseas, indigestão, sonolência, sensibilidade à luz e dor de cabeça. Para o gastroenterologista Tomazo Franzini, diretor da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), a hidratação é fundamental para minimizar estes efeitos. Os cuidados com o aparelho digestivo estão sendo abordados na Semana Brasileira do Aparelho Digestivo, de 17 a 20 de novembro, que reúne mais de seis mil profissionais de saúde no Transamérica Expo Center. Confira as dicas do especialista:

Hidrate-se!
Graças aos seus efeitos diuréticos, o álcool causa desidratação, além da eliminação de potássio, sódio e outros sais minerais, podendo causar efeitos neuromusculares, como as câimbras. Por isso manter-se hidratado é fundamental para a recuperação, assim como a ingestão de alimentos ricos em potássio: banana, suco de laranja, isotônicos e água de coco são boas opções.

Não deixe de se alimentar
Ao ser metabolizado em nosso corpo, o álcool produz uma toxina, o acetaldeído, que pode causar dores de cabeça, náuseas e tontura. Ovo, brócolis, cebola são alguns dos alimentos ricos em cisteína, um aminoácido que ajuda na eliminação de boa parte desta toxina. O consumo de frutas também é importante para recuperar a energia espoliada pelo álcool: a frutose é fonte de energia rápida para nosso organismo.

Atenção aos efeitos mais agudos
No entanto, é necessário atentar-se para efeitos mais agudos e graves que podem ser causados pelo álcool em excesso, por exemplo, gastrite aguda, hemorragia digestiva e pancreatite aguda. Se os sintomas persistirem após o tratamento rotineiro inicial, como dor de estômago que irradie para as costas, e/ou náuseas e vômitos associados ou não à presença de sangue, procure um especialista.

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo