Como empoderar sua marca pessoal e acelerar seu negócio em 2019

Dani Almeida 1 - Como empoderar sua marca pessoal e acelerar seu negócio em 2019
Dani Almeida desenvolveu curso de profissionalização de influenciadores digitais – Foto: Gislaine Schebeliski

O ano 2018 foi considerado de crise e a expectativa, segundo especialistas, é que 2019 seja um ano muito mais próspero e produtivo. Por este motivo, muitos empreendedores estão apostando cada vez mais no digital para alavancar seu negócios e sua carreira.

Existem muitas maneiras de isso ocorrer, mas a principal é a ter uma marca pessoal forte que humanize seu negócio e gere maior conexão com seu público.

Pensando nisso, Dani Almeida, jornalista e especialista em imagem, desenvolveu um passo a passo para ensinar como empoderar a sua marca pessoal e como utilizar as redes sociais para potencializar parcerias e negócios. “Pesquisas mostram que 74% dos consumidores se orientam por meio de suas redes sociais para realizar uma compra. Além disso, desde a época das cavernas, nós, humanos, fomos feitos para nos conectarmos com outras pessoas, por isso, empresas com fortes marcas pessoais por trás como por exemplo, da Apple (Steve Jobs) a Magazine Luiza (Luiza Trajano) ou Arezzo (Alexandre Birman), conseguem se destacar no mercado e ter um resultado superior. Pessoas gostam de comprar de pessoas, não importa se é um produto ou serviço”, explica Dani Almeida. Confira abaixo o passo a passo:

  1. Definir sua marca pessoal. Que atributos (Competência? Ética? Modernidade?) fazem parte da sua essência e que vc deseja comunicar na sua marca pessoal?
  2. Alinhar sua imagem pessoal a esses atributos. Por exemplo, se você deseja transmitir sobriedade e seriedade pode adotar tecidos mais encorpados e roupas com cortes mais retos.
  3. Definir sua zona de engajamento. Quais redes sociais você vai trabalhar? Você vai trabalhar listas de email e WhatsApp?
  4. Planejar seu conteúdo: que tipo de conteúdo posso gerar e que vai atrair o público certo e que vai estimular a rentabilização? Seu conteúdo é a chave para gerar valor para o seu negócio e a principal ferramenta para estimular a rentabilização.
  5. Encontrar seu público-alvo: onde está seu público nas redes? Atrair o público errado pode significar o fracasso. Ah e não compre seguidores ou infle seus números. O que vem fácil, vai fácil. O Instagram por exemplo faz a limpa em contas fake de tempos em tempos.
  6. Conhecer as ferramentas certas: é mito que só consegue o sucesso quem gasta muito dinheiro. Há muitas estratégias de comunicação e marketing, além de ferramentas gratuitas, ou ferramentas extremamente baratas, que podem acelerar muuuito seu crescimento digital.
  7. Manter a frequência e a coerência. Não adianta postar um dia e deixar as redes paradas uma semana. Em uma semana, você perdeu a conexão com a sua audiência.

Sobre Dani Almeida
Dani Almeida é jornalista e especialista em imagem. Criadora do perfil no instagram @opoderdaimagem, ajudou milhares de mulheres a melhorarem sua imagem e autoestima compartilhando conteúdo nas redes sociais e no seu blog. Por causa de seus resultados como influenciadora, passou a mentorar e ensinar outras influenciadoras, até desenvolver diversos cursos de influência digital (https://opoderdaimagem.net.br/cursos), que reúnem mais de 1200 alunos até o momento.

Mais informações em http://opoderdaimagem.net.br/