DestaqueNegócios

Seu primeiro vendedor é a sua vitrine

Com a aproximação das festas de Natal e Ano-Novo, as lojas devem investir no treinamento de seus funcionários para ter uma equipe alinhada e bem preparada para as vendas desse período, que aumentam consideravelmente. Porém, além desse importante detalhe, é preciso atentar-se também na qualidade da vitrine que é apresentada.

É fundamental lembrar que a vitrine é o “primeiro vendedor”. É ela que faz a prospecção e leva o consumidor para dentro da loja. Por isso, precisa ser criativa para despertar o interesse do cliente em saber mais sobre o produto. Ela faz essa conexão com o consumidor que está à procura de algo que agrade seu estilo e também suas necessidades.

Antes de mais nada, é preciso que os lojistas estejam atentos às novidades do mercado e as principais tendências sobre os produtos que oferecem, para que coloquem em exposição itens que o cliente está procurando, o que chamamos de “abridores de pedidos”, que são as novidades que vão despertar o interesse e a curiosidade do consumidor. Comerciante que coloca na vitrine mais do mesmo, de forma desorganizada e sem planejamento prévio, corre um grande risco de ficar com a loja às moscas.

Claro que uma boa manutenção da vitrine soma muitos pontos, por isso mantenha sempre os vidros limpos, os manequins, se for o caso, em perfeito estado, luzes funcionando e os produtos organizados sem aglomerações, para que o consumidor tenha uma boa experiência e impressão na primeira vista. Com isso, você sempre terá o seu “primeiro vendedor” trazendo muitos clientes para dentro da loja, sempre de forma interessante, criativa e, claro, lucrativa.

* Mário Rodrigues é diretor do Instituto Brasileiro de Vendas (IBVendas) 

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios