DestaqueSaúde

Importância dos cuidados odontológicos durante a gravidez

Especialista, Dra. Érika Vassolér, dentista e consultora de higiene bucal da Condor, pontua os cuidados necessários nesta fase tão especial da vida.

erika  vassoler - Importância dos cuidados odontológicos durante a gravidez
Dra. Érika Vassolér – Foto: Divulgação

A gravidez é um dos momentos mais esperados para a maioria das mulheres. Além de visitar o obstetra com frequência, os cuidados com a higiene bucal neste período são fundamentais para a saúde do bebê.

É importante que a gestante faça o pré-natal odontológico, evitando ou mesmo tratando possíveis problemas logo no início. “O correto é procurar um profissional logo no primeiro trimestre da gravidez para receber as orientações adequadas, como os tipos de alimentos que devem ser evitados para manter a saúde bucal em dia. É fundamental desmistificar o que é permitido ou não durante a gestação”, afirma Érika Vassolér, dentista e consultora de higiene bucal da Condor.

Nesta fase, os principais problemas são doenças relacionadas à gengiva, como é o caso da gengivite que, se não tratada, pode evoluir para uma periodontite (inflamação dos tecidos ao redor do dente). “É essencial estar atenta aos sinais. A prevenção é sempre a melhor opção”, ressalta a dentista. Os sintomas mais comuns de gengivite são: gengiva vermelha, e sangramento intenso e espontâneo durante a escovação. Em alguns casos, há o inchaço e o recuo ou retração da gengiva, deixando os dentes com aparência alongada.

Outro ponto são os enjoos e vômitos. Eles deixam a saliva ácida, alteram o pH da boca, facilitando o desenvolvimento da cárie com rapidez. Para não prejudicar o esmalte do dente, após esses episódios o indicado é realizar um bochecho. A escovação deve ser feita 10 minutos depois.

Segundo Érika Vassoler, há evidências que relacionam as enfermidades gengivais das gestantes ao baixo peso dos bebês e ao parto prematuro. A doença mais grave é a periodontite. A inflamação é provocada por uma bactéria que pode ser liberada na corrente sanguínea e estimular a contração uterina e aumentar o risco de pré-eclâmpsia. Em algumas situações pode ocorrer um parto prematuro com menos de 37 semanas. Algumas mulheres, por medo, não seguem as orientações do dentista. No entanto, não realizar o tratamento é muito mais arriscado.

Ainda de acordo com a consultora, manter os dentes sempre limpos, especialmente na região do colo dentário, área em que a gengiva e os dentes se encontram, pode reduzir de forma significativa ou até mesmo evitar a gengivite e a cárie durante a gravidez. O mercado disponibiliza escovas dentais específicas para esse tipo de limpeza. Uma delas é a Sensitive, da Condor.

Indicada para casos de sensibilidade dental, a escova Sensitive promove a limpeza do sulco gengival, sem machucar a gengiva e auxilia no combate à gengivite. Suas cerdas superfinas permitem alcançar os lugares mais difíceis, removendo assim a placa bacteriana e promovendo um leve massagear nas gengivas sem irritá-las.

Confira os principais mitos e verdades sobre a higiene bucal durante a na gravidez:

Mito: a mulher perde cálcio durante a gestação. O cálcio necessário para a formação dos dentes do bebê provém da alimentação da gestante. Os dentes da mulher grávida não participam do processo de captação e nem sofrem qualquer dano.
Mito: a gestação traz consigo cárie e perda de dentes. A cárie e a consequente perda de dentes são provocadas pela alimentação desregulada, rica em carboidratos e falta de higiene bucal. Sendo assim, mulheres gestantes ou não gestantes podem ser acometidas de cárie caso não haja uma correta escovação, com uso de fio dental e creme dental com flúor, e visitas regulares ao dentista.
Mito: é proibido o uso de anestesia em gestantes. O uso de anestesia nas gestantes é permitido desde que a substância anestésica utilizada não contenha vasoconstritores. Por isso, o cirurgião-dentista deve ser informado.
Mito: a gestante não pode fazer radiografia. Como em qualquer paciente, os exames radiográficos devem ser feitos com o uso de avental de proteção. Porém, a radiografia deve ser evitada no primeiro trimestre de gestação, e só deve ser realizada em situações de extrema necessidade.
Verdade: a periodontite (processo inflamatório de todos os tecidos localizados ao redor dos dentes e que também são responsáveis pela sua fiação) pode causar o parto prematuro. Os microorganismos presentes na placa bacteriana percorrem a corrente sanguínea e estimulam a produção da prostaglandina, uma substância hormonal, que provoca contrações do útero, acelerando o trabalho de parto.

Sobre a Condor

Higiene Bucal, Beleza, Limpeza, Pintura Artística e Imobiliária são os segmentos de negócios da Condor, empresa genuinamente brasileira, e com a maior fábrica de escovas da América Latina.

A empresa fundada pelo imigrante alemão Augusto Emílio Klimmek, em 1929, na cidade de São Bento do Sul, interior de Santa Catarina, está presente em mais de 100 mil pontos de vendas do Brasil e exporta para mais de 30 países. Lidera o mercado de escovas dentais infantis, escovas para limpeza, escovas e pentes para cabelos e pincéis artísticos, seguindo firme no posicionamento de ser a maior referência brasileira no setor de utensílios e acessórios para cuidados pessoais e com o lar.

Nestes quase 90 anos de história, a Condor se tornou uma das marcas mais presentes nos lares brasileiros, e suas duas unidades fabris, que somam 53 mil metros quadrados de área construída, estão instaladas na cidade de São Bento do Sul. Seus 1300 colaboradores se revezam em turnos na produção de mais de 1500 produtos.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios