GeralSaúde

Cuidados para quem vai estrear em uma prova de corrida

Participar pela primeira vez de uma prova de corrida de rua pode gerar dúvidas de como manter o fôlego e não prejudicar a saúde durante o percurso. A cardiologista infantil e médica do esporte do Hospital Edmundo Vasconcelos, Silvana Vertematti, esclarece os pontos mais importantes para realizar uma boa competição:

Antes de qualquer coisa, avaliação médica:
Não basta fazer a inscrição e sair correndo quando for dada a largada. É importante passar por uma avaliação do cardiologista, a fim de saber como anda a saúde do coração. Alguns fatores como doenças genéticas, hipertensão, diabetes e colesterol podem ser gatilhos para consequências sérias, como a morte súbita.

Moderação é a palavra-chave:
Sem o preparo adequado e uma avaliação médica, exagerar no ritmo não é indicado, segundo a especialista. A intensidade deve ser de leve a no máximo moderada, evitando desgaste extremo. Silvana Vertematti aconselha caminhar acompanhado e conversar durante o percurso, desta forma é possível limitar a intensidade do exercício e não colocar em risco o sistema cardiovascular.

Nada de intercalar corrida e caminhada:
Sem fôlego suficiente para correr todo o percurso, a dica é, então, andar. A médica do esporte lembra que para os iniciantes é importante manter uma forma de exercício contínuo.

Hidratar durante a prova está liberado:
A hidratação é um dos pontos mais importantes na atividade e para evitar situações como enjoo, câimbras e mal- estar durante a prova, a especialista ressalta que é importante beber água antes, durante e depois, impedindo o exagero de ingestão em um só período.

Atenção aos sinais do corpo:
Falta de ar, tontura e sensação de desmaio indicam que algo não está bem. Com esses sintomas, a recomendação é procurar o médico. Silvana Vertematti alerta que mesmo que os indícios passem durante a prova é importante uma avaliação do especialista, pois a morte súbita relacionada ao exercício pode ocorrer dentro de um período de até 24 horas.

Câimbra não é falta de potássio:
A médica explica que as câimbras surgem quando não há um preparo adequado para o exercício e isso envolve treinamento físico e alimentar. Caracteriza-se por um erro metabólico e , às vezes, por uma elevação de ácido no sangue.

Ninguém está livre das dores musculares:
O incômodo é inerente ao esporte, mas para amenizá-lo, a dica é hidratação, alimentação e alongamentos antes, pois assim há uma melhora no metabolismo das fibras musculares e na circulação.

Hospital Edmundo Vasconcelos em São Paulo 1 - Cuidados para quem vai estrear em uma prova de corrida

HOSPITAL EDMUNDO VASCONCELOS
Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Hospital Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.000 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 – Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o primeiro lugar no Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar Saúde – Hospitais, conquistado em 2017.

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios