DestaqueVariedades

Quais os benefícios do método pedagógico Super Cérebro?

Descobrir caminhos para a resolução de problemas, lidar com conflitos, trabalhar valores, descobrir respostas diferentes das convencionais. Esses são alguns dos benefícios do Super Cérebro, método pedagógico que também desenvolve a atividade motora, o raciocínio lógico, habilidades mentais, a criatividade, o trabalho em equipe e fortalece as relações interpessoais.
A metodologia que utiliza jogos criativos chegou ao Brasil há pouco mais de uma década e tem revolucionado o processo de ensino-aprendizagem. Afinal, aprender brincando ficou mais interessante para os alunos que têm o privilégio de entrar em contato com a técnica.
“O Super Cérebro é um campo vasto que oferece oportunidades de aprendizado únicas. Podemos usar essa técnica de diversas formas com alunos de diferentes faixas etárias, em praticamente todas as disciplinas”, afirma o professor do Núcleo de Atividades Complementares (NAC) do Colégio Marista Ribeirão Preto (SP), Luiz Henrique de Carvalho Gatti.

Com as crianças menores, podem ser trabalhados temas corriqueiros como, por exemplo, textos curiosos sobre animais, trazendo-os para a realidade da criança. Nessa faixa etária, a linguagem é mais infantil e os projetos, mais coloridos. Também podem ser criadas situações para a resolução de problemas por meio da montagem de jogos, a descoberta de curiosidades sobre animais, esportes, entre outros. Por meio dos jogos, as crianças menores desenvolvem atividades motoras, mentais, valores, comunicam-se com o mundo.
Para desenvolver a metodologia com adolescentes, as histórias devem apresentar personagens e situações voltadas para a idade. Os alunos costumam se identificar com esses personagens e com os temas abordados, o que facilita o desenvolvimento da tecnologia e de valores mais sólidos. Por exemplo, temas atuais como a poluição, polos da Terra ou uma viagem pelo oceano são bem atrativos para essa faixa etária.

Segundo o professor, há diversas ferramentas educacionais prontas para desenvolver o Super Cérebro disponíveis no mercado, como o Soroban, instrumento de cálculo milenar que permite efetuar as quatro operações básicas de matemática, além de raiz quadrada e raiz cúbica. Com o uso dessa ferramenta é possível desenvolver competências cognitivas do cérebro, entre elas: raciocínio lógico, cálculo mental, memória e concentração.
Há também dezenas de jogos de tabuleiro que desenvolvem o senso estratégico, o raciocínio tático, a cooperação e a socialização. Os participantes dos jogos pensam e agem de forma cooperativa desenvolvendo uma competição saudável. E os jogos criativos, que estimulam a visão espacial e a quebra de paradigmas para a sua solução. Esses jogos estimulam as inteligências interpessoal, intrapessoal, espacial, cinestésica e lógico-matemática.
Enfim, o Super Cérebro apresenta um novo mundo para crianças, adolescentes e jovens, que poderão aprender muito mais sobre o funcionamento das coisas. Ensina sobre tudo, especialmente a lidar com outras pessoas e a estar melhor preparado para o futuro.