Caxias do SulRSSerra Gaúcha

Escola Municipal Cidade Nova de Caxias completa um ano de funcionamento

Instituição na Zona Oeste da cidade inicia ano letivo com 375 estudantes

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Cidade Nova comemora seu primeiro aniversário nesta terça-feira (19/02), um dia antes do início do ano letivo na rede. A estrutura, que possui características sustentáveis como captação da água da chuva, separação do lixo, composteira e bicicletário, abriga quatro turmas de Educação Infantil (quatro e cinco anos), duas turmas do 1º ano do Ensino Fundamental e uma turma para cada etapa, do 2° ao 9° ano. A estrutura tem laboratórios, refeitório, quadras de esporte e acesso para pessoas com deficiência. A instituição atende a comunidade da Zona Oeste de Caxias do Sul e conta, atualmente, com cerca de 375 estudantes matriculados. A equipe é composta por 32 professores e quatro funcionários.

O diretor da escola, Alex Lopes, conta que a instituição está localizada ao lado de uma área de preservação ambiental. “Temos grande preocupação com as questões relacionadas ao meio ambiente e, em breve, com auxílio de pais e alunos, construiremos também a horta escolar”, celebra. De acordo com Lopes, a escola era sonhada por toda comunidade do bairro Cidade Nova, que mostra grande aceitação e está feliz com o andamento do espaço. “Dentre os desafios deste primeiro ano, destaco a organização administrativa e pedagógica, considerando que todos, corpo docente e discente, eram novos”, declara.

Publicidade

As perspectivas para 2019 continuam grandes. “A escola pretende aumentar o acervo da biblioteca e reformular seu layout, além de fazer melhorias na sala de educação física, tanto na compra de material esportivo quanto na compra de armários para melhor organização”, afirma Lopes. A gestão da escola prevê, ainda, a aquisição de armários para as salas de aula. O diretor da Cidade Nova reforça a qualificação dos professores. “Pretendemos, ainda neste ano, investir ainda mais na capacitação desses profissionais, para que possam desenvolver em nossos estudantes uma educação de qualidade, formando cidadãos conscientes e mais humanos”, conclui.

A secretária municipal da Educação, Marina Matiello, parabeniza a escola e agradece a equipe diretiva e toda comunidade escolar pelo trabalho realizado em 2018 em prol da educação dos estudantes da rede. “É uma alegria vermos o uso dos espaços escolares e, especialmente, o empenho na busca da efetivação da aprendizagem e das boas relações cotidianas. Desejamos ainda mais sucesso à equipe e que o processo de ensino/ aprendizagem continue sendo gratificante para todos”, declara. A titular da pasta também cita a abertura de outras novas escolas como meta. “Esperamos em breve poder inaugurar novas escolas, especialmente a San Gennaro, que trará maior qualidade para os estudantes da região, por estarem inseridos na sua comunidade”, aponta.

Histórico
A licitação para a construção do prédio foi lançada em 2013. No entanto, a obra enfrentou problemas, como a rescisão de contrato por parte da empresa responsável, que alegou dificuldades financeiras em 2015. A retomada dos trabalhos ocorreu em 2017, após a reformulação do projeto. O empreendimento custou cerca de R$ 2,9 milhões e foi pago com recursos do Município.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar