RSSerra Gaúcha

Segurança alimentar durante a Festa da Uva 2019

Servidores fazem fiscalizações diárias em 70 espaços de alimentação e drogarias nos pavilhões

Caxias do Sul – A Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de atua para garantir a segurança no comércio de alimentos e outros produtos durante a Festa da Uva 2019. Todos os dias, servidores fazem fiscalizações em 70 espaços de venda de comidas, bebidas, cosméticos e produtos para a área da saúde em todo o evento, das 9h30 às 22h30. Além de acompanhar o andamento da Festa, a equipe também promoveu capacitações para os expositores e conferiu a adequação dos espaços antes mesmo de 22 de fevereiro. O objetivo é garantir o fornecimento de produtos e serviços sanitariamente adequados e seguros para o consumidor final. Em relação aos alimentos, o foco é evitar casos de intoxicação alimentar.

A SMS participou de uma capacitação para os expositores com as regras básicas para atuar com segurança, promovida pela comissão organizadora. A atenção da vigilância se divide em adequações de diferentes aspectos, como a estrutura, os equipamentos e os processos de trabalho. “Analisamos se o piso, a parede e as bancadas são de materiais lisos, laváveis e impermeáveis. Elas precisam ser higienizadas com detergente neutro, água e álcool 70%. Também avaliamos a higiene pessoal de quem trabalha, com banho diário, barba aparada, cabelos devidamente protegidos e unhas limpas e curtas. Os atendentes não podem ter adereços e precisam estar uniformizados, com calça comprida e camiseta ou jaleco, além de touca, lenço ou boné”, explica Ronei Tonet, fiscal sanitário.

espaços de alimentação e drogarias nos pavilhões da Festa da Uva de Caxias do Sul 2 - Segurança alimentar durante a Festa da Uva 2019

Outra orientação diz respeito às matérias-primas e aos processos de trabalho. “Eles precisam receber de fornecedores habilitados, de empresas constituídas, com rótulo, data de fabricação e de validade. Outro aspecto a se considerar é a temperatura dos alimentos no momento da entrega, durante a conservação, antes e após o preparo. Dependendo do produto, se vier em temperatura incorreta, não pode ser recebido. Orientamos ainda para a organização entre alimentos perecíveis e não perecíveis nos estoques e quanto à manipulação dos produtos, para que não fiquem em temperatura ambiente além do tempo adequado”, indica o fiscal.

Além de todas essas considerações, a equipe ainda observa que quem prepara o alimento ou a bebida não pode trabalhar no caixa. “São serviços que precisam ser feitos por pessoas diferentes nos diversos turnos de trabalho. Vistoriamos toda a área de depósito, preparo e atendimento. Tudo precisa estar devidamente higienizado com os produtos corretos”, orienta Tonet.

espaços de alimentação e drogarias nos pavilhões da Festa da Uva de Caxias do Sul 3 - Segurança alimentar durante a Festa da Uva 2019

Conforme o fiscal, as informações da SMS somadas ao trabalho de nutricionistas contratadas pela Festa da Uva estão dando bons resultados. “A maior parte dos expositores já tinha formação sobre isso, por terem experiência em eventos. Com as orientações e capacitações feitas antes e o trabalho diário de conferência da vigilância, não estamos tendo problemas”, revela.

Caso alguém deseje fazer uma denúncia à equipe, é possível registrar pela Ouvidoria da SMS, pelo telefone (54) 3290.4446

Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios