DestaqueGeral

Museu Julio de Castilhos realiza seminário e recebe Medalha do Mérito Museológico

Acontece nesta quinta-feira (23) o II Seminário de Pesquisadores do Museu Julio de Castilhos (MJC), que irá apresentar o andamento de pesquisas desenvolvidas a partir de documentos e peças do acervo da instituição. Durante o evento, o museu receberá a Medalha do Mérito Museológico, distinção outorgada pelo Conselho Federal de Museologia (Cofem). O evento, que é gratuito e aberto ao público, acontece entre 14h e 18h, no Salão Mourisco, da Biblioteca Pública do Estado (Rua Riachuelo, 1190 – Centro Histórico/Porto Alegre).
Durante a tarde, serão detalhadas cinco pesquisas de diferentes universidades em progresso no MJC.

A parceria com as instituições de ensino amplia a capacidade de imersão no rico acervo histórico arquivado no primeiro museu do Rio Grande do Sul. “É também como museu mais antigo do estado que fomos condecorados com a medalha e o diploma do Conselho Federal”, destaca Doris Couto, diretora do Julio de Castilhos. “Somos a quinta instituição do país a receber a distinção, o que a torna ainda mais relevante para nós, especialmente em um momento onde o museu se reinventa e se dedica à captação de recursos e ao reconhecimento junto à sociedade gaúcha”, comemora. A outorga foi concedida ainda em 2018 e será entregue por um representante do Conselho Regional de Museologia (CRM). 

Publicidade

As pesquisas apresentadas são: de Andréa Silveira, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc): Acervo- incorporação/musealização – narrativas do Feminino; de Camila Silva, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos): Trajetória da Coleção Varela; de Roberta Melo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs): representações sobre os povos indígenas no Museu Julio de Castilhos ( 1903/1960); e de Iandara Melo e Ana Carolina Gelmini, também da Ufrgs: Educação em Museus.

museu - Museu Julio de Castilhos realiza seminário e recebe Medalha do Mérito Museológico


MEDALHA DE MÉRITO MUSEOLÓGICO
Instituída em 2004, pelo Conselho Federal de Museologia (Cofem), para comemorar os 20 anos da lei que regulamenta a profissão de museólogo, é concedida bienalmente para aqueles que, reconhecidamente, desempenharam importante papel na formação profissional, na união da classe, na execução de suas funções, na valorização dos museus, dos museólogos e da Museologia. Em 2018, em comemoração aos 200 anos de permanência dos museus no Brasil, o Cofem entendeu importante homenagear o museu mais antigo de cada uma das regiões dos Conselhos regionais de Museologia – Corems, no caso do Rio Grande do Sul, a 3ª Região, o Museu Julio de Castilhos, com 116 anos

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios