Geral

Pint of Science aproxima pesquisa científica do público de bares em Novo Hamburgo

Nesta semana, bares e restaurantes de Novo Hamburgo receberam pesquisadores da Universidade Feevale para bate-papos descontraídos e muito informativos com os seus frequentadores. Dias 20, 21 e 22 foi realizado Pint of Science, evento criado na Inglaterra em 2013 para divulgar a pesquisa científica e aproximar os pesquisadores de outros públicos. A edição de Novo Hamburgo, organizada pela Feevale, foi realizada na Esquinna da Bossta, no Câmpus 3 Rock Bar, no Retrô University, no Boteco 1538 e no Elementum Temple, com o apoio do DCE Feevale. Esta foi a primeira vez que o município recebeu o Pint of Science.

Durante a programação, professores da Instituição falaram sobre temas variados envolvendo a pesquisa e a ciência: Fernando Rosado Spilki sobre impacto ambiental e doenças virais emergentes; Cristiano Max Pereira Pinheiro sobre criatividade; Marta Rosecler Bez sobre inteligência artificial; Marina Venzon Antunes sobre análises toxicológicas; Marcos Emilio Santuario e Vanessa Valiati sobre indústria criativa; e Tiago Santos Carvalho sobre perícia criminal. De acordo com Rodrigo Staggemeier, assessor Acadêmico de Iniciação à Pesquisa e Extensão da Feevale e coordenador do Pint of Science em Novo Hamburgo, aproximadamente 300 pessoas compareceram aos bares para acompanhar os eventos.

Conforme Staggemeier, para um primeiro ano, foi extremamente positivo o retorno do público, em um evento que é o maior em divulgação científica no mundo. “Conseguimos levar a ciência à população de uma forma descontraída, com um debate animado, em ambientes diferenciados. Isso é completamente diferente de realizar a mesma ação em uma sala de aula”, explicou. Para o professor, os professores participantes souberam incorporar a alma do evento. “Popularizar a ciência em Novo Hamburgo e região parece ser algo muito palpável, e a resposta do público demonstra a aprovação para o evento. A Universidade Feevale espera continuar com os apoios dos bares, pubs e do DCE Feevale que nos auxiliaram todo o tempo. Um agradecimento especial à equipe da Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão”, comemora Staggemeier, já adiantando que haverá uma edição em 2020.

Um dos ministrantes do Pint of Science, o coordenador do curso de Medicina Veterinária da Feevale, Fernando Spilki, acreditou que a experiência foi de extrema relevância para mostrar a importância da razão e do conhecimento no contexto atual. “Muitos pesquisadores da Feevale possuem essa característica de levar a ciência para fora dos muros da universidade, e foi muito legal, porque em ambientes muito agradáveis, em um clima descontraído, podemos, realmente, trazer a ciência como algo mais natural para discussão com pessoas”, disse. “Além disso, não houve participação, apenas, de pessoas da Universidade, mas, também, de público externo, então o alcance foi interessante. Por isso, penso que se cumpriu a missão que era necessária, que é a disseminação do conhecimento, ainda mais em um momento tão frágil para quem lida com a investigação cientifica diretamente”, completou.

Clarissa Stuker, 26 anos, é relações públicas e não conhecia o Pint of Science antes da edição organizada pela Feevale. “Achei a ideia incrível! Levar a ciência para além dos centros de pesquisa e torná-la acessível para qualquer frequentador de bar é muito inclusivo e importante. De modo geral, a sociedade não tem noção do quão essencial é a pesquisa em absolutamente todas as áreas, nem quanto o Brasil produz de conhecimento científico por meio das universidades públicas e privadas. E, num momento conturbado como esse que estamos vivendo na educação nacional, foi uma ótima hora para tornar mais explícitas as contribuições de pesquisas aplicadas à vida real”, declarou. Clarissa, que espera que o evento se repita nos próximos anos, conheceu um dos grupos de pesquisa da Feevale com foco em inteligência artificial aplicada à saúde e ficou a par do comportamento e das motivações das plataformas de streaming na geração de conteúdo.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios