DestaquePorto Alegre

Aplicativo que identifica foragidos auxilia polícia gaúcha

Um aplicativo que identifica foragidos do sistema prisional gaúcho. Essa iniciativa é da Secretaria da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul (SSP), que conta com parceria da Escola Politécnica da PUCRS e da Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs). Durante a Copa América de futebol, a tecnologia foi testada pela primeira vez e um procurado foi identificado por meio do app em uma abordagem. A ferramenta de reconhecimento facial está em fase beta, mas já funciona no celular de 200 agentes policiais de Porto Alegre.

Atualmente, o aplicativo conta com 47 mil informações sobre foragidos e indivíduos com mandados de prisão emitidos. A tecnologia está sendo utilizada por policiais da capital envolvidos com a Copa América, mas, no futuro, deve ser integrada ao aplicativo geral dos agentes gaúchos.

“A orientação é que os agentes realizem uma conferência complementar após o uso da ferramenta. O aplicativo é carregado periodicamente com dados de inteligência, e essas informações são essenciais para que a versão final seja disponibilizada”, comenta o diretor do Departamento de Inteligência do SSP, o delegado Emerson Wendt.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios