Caxias do SulSerra Gaúcha

Obras na estrada entre Vila Oliva e Gramado causa interrupção no tráfego

Paredão de pedras começará a ser desmanchado na próxima terça-feira (09/07)

Caxias do Sul – A Estrada Municipal Luiz Daneluz, também conhecida como Estrada do Raposo, estará totalmente bloqueada a partir da próxima terça-feira (09/07). O motivo é o início da detonação de um paredão de pedras de 250 metros de extensão, 15 metros de altura e 4 metros de largura, próximo à ponte sobre o rio Tigrinho. A estrada faz a ligação entre o distrito de Vila Oliva e o município de Gramado e está sendo alargada com o objetivo de fazer uma ligação para o futuro aeroporto regional da Serra Gaúcha. A Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Smosp) executa o alargamento da via desde outubro.

A Smosp tem feito grandes detonações no trecho desde o início dos trabalhos. O local que foi alcançado fica junto a um precipício de 100 metros de altura. Todo o paredão rochoso será retirado e o material será reaproveitado na própria obra. “Esse é um tipo de pedra que não pode ser utilizado no britador do Município, devido à qualidade demandada para fabricar brita adequadamente. Por isso, utilizaremos as rochas na estrada”, explica o engenheiro Leandro Pavan, secretário de Obras e Serviços Públicos.

Publicidade

Conforme o secretário, o trabalho está bastante avançado. “O trecho que está em obras tem em torno de 10 quilômetros e também está recebendo drenagem e terraplenagem. Não podemos pensar no futuro aeroporto sem considerar a série de obras de infraestrutura que devem estar atreladas a ele. Por isso, saímos na frente com essa abertura, fazendo com que a pista passe de três para 13 metros de largura”, salienta Pavan.

Todo o trabalho – desde a topografia, o projeto, as sondagens, o maquinário e os operadores – é executado pela Smosp. A previsão de conclusão da abertura da estrada é para o segundo semestre de 2019. Como desvios, serão utilizadas a Estrada da Grota (veículos de passeio) ou a Estrada de Tunas Altas (demais veículos). O bloqueio permanecerá por tempo indeterminado, dependendo das condições climáticas para execução dos trabalhos e do material encontrado com as detonações.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar