Geral

Alunos do Programa Mão na Massa recebem certificados em Santa Cruz do Sul

O Programa Mão na Massa, parceria entre a Prefeitura de Santa Cruz do Sul, por intermédio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas (Sepop), e o Senac está a todo vapor. No mesmo dia em as turmas de alunos das oficinas de Pães e Bolos e de Molhos e Massas ganharam seus certificados de conclusão, outra turma começava as aulas na oficina de Lanches Rápidos. Na padaria do Cras Integrar, no Bairro Bom Jesus, o clima era de festa nesta terça-feira.

Desde que o programa teve início, em maio deste ano, as aulas não param e a fila de espera para as próximas turmas só vem crescendo. A manicure Carmen Letícia Rodrigues, 33 anos, moradora do Bairro Faxinal Menino Deus, colocou seu nome na lista e finalmente conseguiu fazer as oficinas de Pães e Bolos e de Massa e Molhos. Hoje ela ganhou seu primeiro certificado e avisa que não vai mais parar. “Vou fazer todas as oficinas que abrirem até o final do ano”, disse categórica. Na quinta-feira ela já começa na segunda turma de Lanches Rápidos.

Carmen adquiriu a prática de cozinhar em casa, ela ajuda a mãe no preparo de tortas caseiras e algumas vezes também a comadre, na elaboração de doces e salgados para festas. Na atividade também já se arriscou sozinha. “Comecei a fazer em casa o bolo de pote, que pesquisei na internet, e em um único dia vendi 35”, comemorou. Agora ela quer novos desafios. “Eu e minha mãe vamos começar a fazer almoço para vender e quero incluir os molhos e massas que aprendi no curso”.

Trabalhando há mais de um ano com a produção caseira de pães, pizzas, cucas e bolos, Sabrina Suelen Fortes, 28 anos, moradora do Bairro Faxinal Menino Deus, colocou seu nome na lista e conseguiu ingressar na primeira oficina de Lanches Rápidos. Em seu primeiro dia de aula contou estar feliz pela oportunidade de fazer um curso profissionalizante e aprender mais sobre a atividade que elegeu como meio para ganhar a vida. “Saber, a gente nunca sabe tudo, sempre tem algo mais ara aprender”, avaliou.

Durante o ato de entrega dos certificados – 47 alunos concluíram as três oficinas – o agente de Desenvolvimento do Banco do Povo, Paulo Manz, falou sobre o programa de microcrédito, instrumento criado pela Administração Municipal para concessão de crédito para micro e pequenos empreendedores. Através de parcerias com entidades como o Sebrae, as pessoas também podem contar com consultoria na formalização do negócio. “Nenhuma empresa começa grande. É preciso investir corretamente desde o início”, aconselhou.

Ao falar para os recém-formados, a diretora do Senac Santa Cruz, Daniela Laner, fez questão de dizer que a educação muda vidas. “Parabéns a todos vocês que agarraram esta oportunidade de aprender. A gente nasce e morre precisando estar nos bancos escolares”.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios