DestaqueVale do Sinos

Mais um filhote recebeu novo lar em Esteio

No dia 6 de agosto, o Departamento de Bem-Estar Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) recebeu um chamado emergencial, via Ouvidoria da Prefeitura (telefone 0800-541-0400). Um filhote, vítima de maus-tratos, havia sido abandonado no Cemitério Municipal 2 de Novembro. O bichinho estava repleto de pulgas e carrapatos, machucado, magro e com sarna. Sem medir esforços, o Departamento o acolheu para atendimento veterinário, mas não tinha condições de abrigá-lo no Canil Municipal de Esteio.

Na mesma data, o empresário esteiense Jonas Loss, 39 anos, deparou-se com um anúncio do Catioro Go!, site de adoção do Canil Municipal. Há muito tempo, ele tinha interesse em adotar um companheiro de quatro patas, então viu a oportunidade chegar ao deparar-se com a propaganda. “Estava comemorando meu aniversário naquele dia, então por que não me dar um presente melhor do que um animal de estimação?”, questionou-se. Como no Catioro Go! Não oferecia nenhum filhote, Jonas procurou o Canil diretamente, ficou sabendo do filhote abandonado e decidiu dar um lar digno a ele.

Na manhã desta sexta-feira (9), Jonas foi até o Canil, acompanhado do seu filho de sete anos, Gabriel Loss, para buscar o mais novo membro da família: Agostinho Carrara. “Acabei de te conhecer e já te amo muito”, disse a criança ao filhote. “Vou te levar aonde quer que eu vá e nunca mais deixar ninguém bater em você”, garantiu, feliz com o novo melhor amigo.

Para Jonas, a adoção responsável é muito importante. Ele falou sobre uma parceria que está sendo feita com o Bem-Estar Animal. Proprietário do escritório de empreendedorismo i-Pensare Coworking em Esteio, ele solicitou aos seus funcionários e clientes a arrecadação de rações, tapetes higiênicos, toalhas e cobertores para serem doados ao Canil Municipal. “Quem está revolucionando isto tudo é o Agostinho”, brincou.

Um termo de adoção responsável foi assinado por Jonas. O cãozinho foi doado já vermifugado e com os devidos cuidados veterinários. Em seis meses, ele poderá ser castrado através do programa gratuito de castração da Prefeitura Municipal, uma vez que foi adotado no Canil (veja abaixo como solicitar a castração de outros animais – para pessoas de baixa renda).

dogesteio3 - Mais um filhote recebeu novo lar em Esteio

Adote um bichinho do Canil Municipal de Esteio
A SMMA mantém o Canil de Esteio. O espaço está operado em sua capacidade máxima, abrigando cerca de 40 cães adultos que aguardam por um novo cuidador que os leve para um lar cheio de amor e carinho.

Ao adotar, você estará contribuindo na diminuição do número de animais de rua. Quem estiver pensando em ter um bichinho de estimação deve, antes de tudo, pensar em uma série de questões relacionadas à adoção responsável. Por exemplo, onde o animalzinho ficará? Ele terá um espaço adequado para correr e brincar? Há condições de fazer a castração dele? Quem assumirá as responsabilidades de vacinas, medicamentos e alimentação? A família poderá ficar com ele por 15 anos? Quem cuidará dele em caso de viagens?

Após essa reflexão, a sugestão é que as pessoas optem pelo acolhimento a bichinhos abandonados que estão em canis. O Canil Municipal de Esteio, mantido e operado pela Prefeitura, fica na Av. Luiz Pasteur, 7275, Bairro Três Marias, junto ao Galpão da Cootre (veja o mapa: http://bit.ly/catioro-go) e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Para adotar, é necessário ser maior de idade, apresentar RG, comprovante de residência e assinar o termo de adoção.

Quem quiser conhecer quais cachorros estão aguardando adoção pode acessar o site do Catioro Go! (www.esteio.rs.gov.br/catioro/). A página, lançada pela Administração Municipal em 2016, pode ser acessada em computadores, tablets e smartphones e traz a foto, o nome e o sexo do cachorrinho. Para adotar pelo site, basta clicar em “Capturar Catioro” e fazer o login em uma conta do Facebook. Após, a pessoa terá sete dias para buscar o cãozinho no Canil Municipal. Caso passe o prazo, o cachorrinho voltará para a página e ficará disponível para adoção por outra pessoa.

Quem não tiver perfil no Facebook ou não quiser fazer login na rede social poderá também “capturar o catiorineo”. Para isso, basta ligar para o telefone (51) 3433-8180 e falar com a coordenadora Luciane Baretta. Por esta forma, também é aberto prazo de sete dias para que a pessoa busque o animalzinho no Canil

Serviço de castração
O serviço de castração oferecido pela SMMA atende animais de rua e animais comunitários. Animais domésticos com dono também podem receber a castração sem custo, desde que o dono do bichinho esteja inscrito em algum programa do Governo Federal. Dos 800 animais abandonados em Esteio, cerca de 400 deles já foram castrados pelo convênio da Prefeitura Municipal de Esteio com o Centro de Esterilização Animal da Organização Nacional de Defesa Animal (Onda), entidade de Cachoeirinha.

O pedido pode ser feito, também, via Ouvidoria ou aplicativo Fiscale, fornecendo dados como número do NIS ou nome completo, data de nascimento e CPF. Essas informações serão utilizadas para realizar a consulta no Cadastro Único.

As demandas são filtradas e verificadas pelo setor de Bem-Estar Animal da SMMA que, conforme a possibilidade, atenderá a solicitação. Em 2018, foram realizadas 456 castrações de cães e de gatos neste sistema. Os animais são recolhidos pela equipe da SMMA e levados até a instituição em Cachoeirinha, onde o procedimento é realizado. Depois, os bichinhos são devolvidos a seus donos.

Campanha alerta para crime de abandono de animais
Para tentar conscientizar a população de que, além de cruel, o ato de abandonar animais é crime, a SMMA, em parceria com a Brigada Militar e a Polícia Civil, afixou cartazes em paradas de ônibus de Esteio. Na imagem, a frase “Abandono de animais é crime” vem acompanhada da informação de que conforme a Lei Federal 9.605/98, o ato prevê multas e pena de prisão de três meses a 1 ano. Para que os criminosos possam ser identificados, a orientação é que, ao flagrar uma cena de abandono, a pessoa fotografe ou grave e registre ocorrência na Polícia Civil, Brigada Militar ou Ouvidoria da Prefeitura, pelo telefone 0800-541-0400, ou pessoalmente, na Rua Eng. Hener de Souza Nunes, 150, de segunda a sexta-feira, das 12h30min às 18h.

Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios