Caxias do SulSerra Gaúcha

Smosp troca canos repletos de entulhos em Caxias do Sul

A rua da Felicidade, no loteamento Canyon, novamente foi ponto de necessidade de intervenção da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Smosp). Menos de 15 dias após a troca de 10 canos repletos de todo tipo de lixo orgânico e seletivo, a equipe de saneamento precisou fazer escavações para retirar novos resíduos que estavam impedindo o escoamento normal da água. Foram encontrados aproximadamente cinco metros cúbicos de detritos, removidos com utilização de escavadeira.

A Smosp está monitorando a área para evitar novos entupimentos, após ter encontrado sacolas de lixo, o tronco de uma árvore, restos de um guarda-roupas e de uma cama, pneus, muitas garrafas plásticas, um capacete para motociclista e até um tonel utilizado como churrasqueira na tubulação, no início do mês. Na oportunidade, 10 tubos foram retirados e não puderam ser reaproveitados, sendo encaminhados para um aterro próprio da Smosp. O volume de resíduos encontrados correspondeu a 10 metros cúbicos.

Publicidade

Conforme o secretário de Obras, engenheiro Leandro Pavan, o acúmulo de lixo pode causar rapidamente alagamentos de grandes proporções em regiões nunca antes afetadas. “Construímos tanques de contenção, novas redes de drenagem e galerias novas, além de estarmos projetando um túnel de macrodrenagem que reduzirá alagamentos em 15 bairros. Há infraestrutura, mas tudo isso precisa também do apoio da comunidade. As equipes estão sempre monitorando a necessidade para atender prontamente os chamados e evitar complicações. Entretanto, sabemos de pessoas que até varrem o lixo da rua para dentro da boca de lobo. Todo esse material causa entupimento e aumenta a possibilidade de alagamentos”, lamenta.

O setor de Saneamento da Smosp conta com 16 equipes, sendo 12 de manutenção e quatro de suporte (hidrojateamento e caminhões especializados em cargas – munck). O serviço de desobstrução de bocas de lobo por conta do excesso de lixo depositado ocorre continuamente. Para atender a essas situações, é necessário deslocar uma equipe com caminhões e máquinas. Na maioria das vezes, somente o hidrojateamento não é suficiente para desobstruir, então é preciso identificar o ponto da obstrução abaixo do solo, escavar, ou até retirar os tubos e instalar novos.

Publicidade
Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar